8 de abr de 2013

The Wrong Man 「16」「HOT」



Justin Narrando
Quando ja tinhamos chegado Susan ficou um tempo la fora em frente ao predio de onde ela fazia dança,era do lado da minha antiga casa,ela estava encostada no carro,pensativa e triste,argh!Como eu odiava vê-la com aqueles olhos tristonhos.
Justin:Hey Susan,vamos entrar,já esta tarde! -estendi a mão a ela,que logo a pegou e deu um sorriso fraco,aquilo fazia meu mundo desmoronar-
Assim que entramos ela sentou no sofá,continuou daquele jeito triste,eu queria fazer algo para que ela se alegrasse,mas parece que nada adiantaria.
Justin:Isso doi sabia?-me sentei ai seu lado-
Susan:O que?
Justin:Te ver assim por causa dele!
Ela deu um sorriso de canto,mas ainda com aquele ar de tristeza.
Susan:Não precisa se preocupar comigo,você já fez de mais,já me arrumou uma casa para passar noite e um ombro amigo!
Justin:Garanto que tem mais de onde veio tudo isso!
Susan:Você é o melhor Justin,se não fosse você eu estaria mais sozinha do que nunca,sem ninguém pra conversar!
Um silencio horrendo permaneceu ali,enquanto ela pensava mais e mais,fitava os pés e brincava com os próprios dedos.
Justin:Que tal espantarmos essa tristeza assistindo um bom filme?-peguei sua mão e ela sorriu-
Susan:Acho que não é uma boa hora!
Justin:Claro que é,olha...eu sei que você não quer que eu fiquei aqui a noite toda, mas...logo depois eu vou embora, eu prometo!
Susan:Você não desiste mesmo né?
Eu balancei a cabeça afirmando que não.
Susan:Tudo bem...talvez isso possa me fazer bem!
Ambos sorrimos.
[...]
Botei um filme,e obvio que era comedia,ela tinha que se alegrar de um jeito ou de outro,eu não iria descansar se não tirasse um sorriso sincero de seus lábios,ela assistia séria, com os olhos focados na televisão,mas ela não parecia estar ali,parecia estar pensando em outra coisa,eu estava bem ao seu lado,acho que ate próximo demais e só se vocês soubessem a vontade que eu tinha beija-la,era algo indescritivelmente forte, eu quase não estava me aguantando mais,eu parei de olha-la e alguns minutos depois ouvi uma gargalhada baixinha,olhei para ela novamente e ela estava com um enorme sorriso nos lábios vendo aquela cena hilária do filme,eu sorri junto a ela,feliz por ela estar sorrindo.
Justin:Missão cumprida!-disse baixinho a mim mesmo-
Susan Narrando
[...]
Eu tinha dormido na sala,no sofá,por isso eu estava morrendo de dores nas costas,peguei no sono ontem a noite enquanto assistia com Justin,e alias era um filme muito bom,ele conseguiu,ele conseguiu me fazer sorrir.
Senti minha cabeça encostada em algo,cocei os olhos sem abri-los e em seguida os abri,olhando ao redor de tudo,e ai eu lembrei que estava na antiga casa de Justin,numa mesinha em frente ao sofá,havia latas de cerveja jogadas,ah eu tinha bebido com ele,e então eu percebi a sua presença ali,ao meu lado,bem perto,tão perto que tínhamos dormidos abraçados no sofá,e o lugar onde minha cabeça estava encostada era em seu ombro,eu quase que pulei dali,meu coração acelerou e eu não acreditava que tinha feito aquilo,deixado ele passar a noite aqui,olhei para ele que parecia um anjo dormindo,bem quietinho sentado no sofá,em perfeito estado,era incrível como alguem podia ser tão perfeito ainda mais em sono profundo,me peguei admirando aquele mar de beleza,sim,eu admito,na minha opinião ele tinha roubado toda a beleza do mundo para ele,só para ele.
Fiquei o admirado por mais alguns segundos e meu coração quase sacou pela boca quando percebi que ele havia acordado.
Justin:Se você continuar me encarando assim não sei o que faço!-disse em tom humorado ainda de olhos fechados, abrindo-os em seguida e sorrindo, era uma ótima imagem para de manhã cedo.-
Susan:Me desculpe é que...
Justin:Não precisa dizer nada, pode fazer quando quiser!-disse se ajeitando no sofá-
Susan:Não percebi as horas passando e acabou que você dormiu aqui né? Era isso que você queria!
Justin:Mas não aconteceu nada, você sabe que eu não me aproveitaria, não sou esse tipo de homem!
Susan:Sei que não!
Ele colocou a mão no estomago e fez careta.
Justin:Ah nossa, que fome!
Susan:Tem algo pra comer?
Justin:Não, deixamos a casa sem nada, ate por que pensei que não viria mais aqui se não fosse pra mostrar a casa para o novo proprietário, mas que tão irmos à um lugar?
Susan:É pode ser!
[...]
Fomos ate uma  cafeteria perto dali,e tomamos um café rápido logo depois eu tive que ir para o trabalho e Justin para o dele,tínhamos conversado um pouco e ele me convenceu a ficar na antiga casa dele ate que eu encontrasse um apartamento pra mim,foi meio difícil mas ele conseguiu me convencer,não sei aceitei de primeira pois não gosto de viver de favor dos outros,mas Justin fez questão,ele insistiu tanto que eu resolvi aceitar,alias quem é que não aceita um pedido com aqueles olhos que mais parecem um mar de ouro derretido te olhando?
1 semana depois
Eu estava cansada de ficar sozinha,eu não conseguia fazer nada a não ser ficar pensando em como Stefan estaria,todos os dias eu ficava esperando ligações dele,mas nada,ele não ligava,será que se cansou mesmo de mim?Será que eu não vou mais ter o meu marido de volta?Eu quero a minha vida de volta,eu quero ser feliz de novo.
[...]
Eu estava pegando no sono na sala,estava tentando criar alguns modelos que François havia me pedido para o desfile de coleções de outono que irá ter na França daqui a alguns dias,mas eu não estava com nenhum inspiração,tudo o que eu tinha era angustia,tudo o que eu fazia era pensar em Stefan,era pensar em Justin,os dois não saiam da minha cabeça,eu não sei o que faço,acho que estou ficando louca.
Quase caindo num sono profundo,assim que eu estava,ate que espantei com alguem batendo na porta, quem seria a essa hora da noite? Fui com um pouco de restrição caminhando ate a porta,afinal eu não imaginava quem seria,caminhei bem devagar e girei a maçaneta,pra falar a verdade eu estava morrendo de medo,abri a porta só um pouquinho e olhei para o lado de fora e fiquei aliviada quando vi que era Justin,mas o que ele estava fazendo aqui a essa hora da noite?
Ele estava diferente,seu olhar estava diferente,ele estava serio e ao mesmo tempo com uma expressão alegre,seu olhar parecia ter inúmeros significados que eu não conseguia decifrar.
Justin:Éh...Oi!
Susan:Oi!-eu disse surpresa-Aconteceu alguma coisa?
Justin:Éh...-ele fitou o chão e eu franzi o cenho, ele estava atrapalhado-
Susan:E então?
Justin:Posso ficar aqui,essa noite?
Susan:Por que?
Ai eu me dei conta de que ele ainda estava do lado de fora,estava sendo muito mal educação minha não convida-lo para entrar.
Susan:Entra por favor!
Dei passagem para que ele entrasse,ele entrou e eu fechei a porta em seguida.
Susan:E então Justin,por que quer ficar aqui?
Justin:Sabe é que eu...eu estava me sentindo um pouco solitário!-disse passando a mão pelo nuca-
Susan:Hum...eu também estou me sentindo assim,mas Justin,eu sei que você pode não gostar da minha pergunta mas...você sabe como anda o Stefan?
Justin:Não,não sei,e nem quero saber,eu nunca mais vi ele,esquece o Stefan Susan,ele não te ama!
Susan:Como diz isto com tanta certeza?
Justin:Susan,acha mesmo que se ele te amasse teria falado aquele bando de merda pra você?
Susan:Justin,ele é o meu marido!E eu sei que ele me ama,só tivemos um discussão atoa!-passei por ele indo para a janela,comecei a olhar as estrelas,estavam lindas,eu não queria me extressar,então achei melhor parar com aquilo-
Justin:Não tente uma coisa que não dará mais certo!-escutei a voz dele distante la atrás-
Susan:Você que resolve a minha vida nos seus pensamentos?-perguntei sem virar e olhar para ele,continuei olhando para o céu-
Justin:Claro que não,não é nada disso!
Susan:Então por que fica dizendo que o Stefan não me ama,e que não vamos mais dar certo?Você esta torcendo para que não dê certo Justin?
Justin:Mas o que você ta dizendo?Acha que eu quero ver você triste Susan?Pelo contrario eu quero você feliz!
Susan:Então por favor,me deixe ser feliz e pare de falar essas coisas,isso me machuca mais Justin,tudo que eu quero é ser feliz com o Stefan-escutei os passos de Justin se aproximando,mas não virei e continuei a falar-E eu também queria que ele ficasse feliz comigo,eu quero dar um filho pra ele e...-senti um ar quente batendo em meus ombros descobertos e eu senti um arrepio,logo depois senti as mãos de Justin apertando minha cintura com força,elas me agarravam por trás, enquanto a respiração quente de Justin se chocava em meus ombros,mas o que ele estava fazendo?-
Justin:Vem ser feliz comigo!-sussurrou aquela voz rouca em meu ouvido,e logo depois ele tirou parte dos meus cabelos dos ombros e começou a dar beijos leves subindo para meu pescoço-
Eu virei bem devagar,me deparando diretamente com aqueles olhos brilhantes a me encarar,senti minhas pernas ficarem bambas e meu coração disparar,ele me fazia ficar louca apenas com pequenos gestos,como era possivel?A poucos segundos eu estava dizendo para ele parar de dizer coisas que me machucam,e agora eu estou completamente hipnotizada por ele.
Susan:Justin...
Justin:Susan para,para de dizer a si mesma que não sente nada por mim,para de dizer a si mesma que não me quer,para de se enganar,eu sei que quando você ta perto de mim fica louca,eu conheço você,e assim que eu fico quando estou perto de você,eu fico louco,eu fico louco pra beijar você,pra sentir você,pra ouvir você chamando meu nome,eu fico louco de vontade de te amar,por isso,me deixe fazer isso,eu preciso fazer isso,eu não aguento mais te ver sofrendo por causa do Stefan,eu não aguento ficar ouvindo você se lamentando por ele,esquece ele e fica comigo,eu posso fazer você feliz,eu posso fazer tudo o que você quiser,eu posso fazer você se sentir amada!
Aquelas palavras soaram com tanta vontade que eu tive vontade de dizer tudo o que eu estava sentindo agora,mas eu simplesmente não tive coragem.
Justin:Demorou muito tempo,demorou tanto tempo que eu nem sabia se esse momento iria chegar acontecer,demorou tanto tempo que eu cheguei a pensar que não teria oportunidade de dizer...de dizer que te amo Susan,que te amo com todas as minhas forças,Susan,quando eu estou com Lucy eu não sinto a mesma coisa quando estou com você,quando eu estou com ela eu não sinto mais aquela euforia,isso eu sinto quando eu estou com você,é algo forte, você me desperta um sentimento totalmente diferente,você me desperta uma vontade de largar tudo e ir ser feliz com você longe daqui,Susan,me dê uma chance pra mostrar que eu sou melhor que ele,me de uma chance pra mostrar que te amo!
Eu ainda não havia falado uma palavra,mas eu nunca imaginei que um dia Justin,aquele Justin da festa,aquele Justin meu vizinho,aquele Justin que desde o primeiro dia que o vi naquela festa, que me fez sentir desejada naquele dia,eu nunca imaginei que esse Justin,estaria se declarando para mim agora,de uma forma tão linda e tão sincera.
Susan:Justin...Por que você tem que ser assim?
Justin:Assim como?
Susan:Assim tão perfeito,assim tão perfeito que me faz sentir vontade de me entregar por inteiro pra você?
E um sorriso lindo se formou em seus lábios,um olhar cheio de vida se formou tambem,eu tinha certeza que eu tinha que fazer aquilo,eu tinha que me entregar a ele,eu queria fazer isso,e eu nunca quis tanto uma coisa na minha vida.
Justin:Eu amo você Susan!-disse sorrindo e tomou meus lábios com um beijo medroso,um beijo quente e carinhoso-
Fomos andando ate o quarto sem em nenhum momento parar de se beijar,eu não estava acreditando,eu não estava acreditando que estava fazendo isso,que estava indo pra cama com ele,eu pensava em Stefan,eu pensava nele sim,e eu me sentia culpada por estar fazendo isso ainda estando com ele,mas a vontade de ter Justin era maior,era maior que tudo agora,eu tinha que esquecer o mundo,e eu estava fazendo isso porque estava com ele.
Justin tirou minha blusa com cautela enquanto olhava em meus olhos,eu cai na cama esperando que ele viesse  ate mim,mas antes disso ele tirou a camiseta me dando a bela vista de seu corpo perfeito,seu peitoral definido e de seus braços fortes,também pude notar algumas tatuagens,o que o deixava extremamente excitante, ele sorriu safado pra mim  engatinhando para cima da cama e ficando em cima de mim,agarrei seu pescoço o puxando mais para cima de mim e colando nossos corpos quentes,as mão de Justin desceram ate o botão de minha calça e as mesmas foram rápidas ao tira-la,eu estava ficando molhada e completamente excitada, ele nunca havia me despertado tanta excitação assim,e agora eu tinha percebido o quanto ele era perfeito,o quanto ele me deixava louca,Justin começou a ficar mais violento,tirando a calça que ainda lhe restava,seu corpo começou a pressionar a meu me encurralando embaixo dele,suas mãos chegavam a me apertar com um força imprescindível o que me fazia sentir domada por ele,os lábios de Justin se desgrudaram dos meus descendo as meus seios enquanto suas mãos desciam ate minha calcinha invadindo-a em seguida,eu gemi quando senti um dos dedos de Justin massageando meu clitóris,ele começou bem devagar depois indo mais rápido e profundamente enquanto me massageava,ajudei Justin a tirar meu sutiã com uma das mãos desocupadas agora deixando meus seios totalmente a mostra,o que o fez parar e admirar, passei minhas mãos pelos cabelos de Justin e fechei os olhos sentindo ele me penetrar com aqueles dedos maravilhosos,um gemido alto escapou de meus lábios o que fez Justin sorrir e continuar mais forte com as penetrações, os dedos dele entravam e saiam de minha intimidade enquanto ele chupava meus seios rígidos os deixando molhados o que deixava o momento mais excitante ainda.
Como eu ainda não havia dado uma chance a ele para mostrar o quanto ele bom no que faz?
Justin agora me penetrava com os dedos mais devagar e eu estava começando a querer mais,os dedos de Justin saíram de minha vagina e suas mãos foram aos meus seios e os apertaram violentamente enquanto eu gemia,por enquanto só Justin estava fazendo algo,as mãos dele subiram para meu rosto e ele me beijou parando os meus gemidos.
Justin:E então Susan,eu sou melhor que ele?-perguntou enquanto roçava os lábios violentamente me meu pescoço,sua voz soou com uma malicia que me despertou vontade de querer mais-
Fiquei por cima de Justin e ele sorriu com minha rapidez,ele sabia que eu estava ficando cada vez mais louca.
Susan:O que você acha?-minha voz saiu em um sussurro perto do rosto de Justin,e para o deixar mais duro que ele estava, mordi seu lábio inferior-


Ouvi uma risada safada dele e logo depois as mãos dele apertaram minha bunda me fazendo empinar a mesma e pressionar minha intimidade no membro de Justin que estava duro ainda coberto pela cueca.
Justin:Vamos parar com o joguinho Susan?
Susan:Parar?Mas eu estou apenas começando!
Meus lábios se desgrudaram dos de Justin descendo por seu abdômen,e logo depois chegando ate sua cueca que eu tirei com rapidez e joguei em qualquer canto.
Justin:Não pensava que você era tão...selvagem!
Não disse nada quanto ao comentário,só subi novamente para cima de Justin e olhando profundamente,ele inverteu a posição agora ficando em cima de mim novamente e tirando minha calcinha a levando ate meus pés,e joguei no chão com os mesmos.
Susan:Vai logo com isso Justin.-eu disse calma-
Justin me beijou,e pressionou seu corpo contra o meu,eu senti a cabeça de seu pênis entrando em mim,o que me fez gemer como uma vadia,Justin me beijou com mais intensidade pra me distrair,mas não,nada me distraio, mordi novamente seu lábio inferior quando o senti entrar em mim com muita força,eu parei de beija-lo e soltei um grito alto,eu sentia a respiração de Justin no meu ouvido enquanto ele me penetrava com força,mas devagar,no quarto podia-se ouvir gemidos de ambos,minhas mãos apertaram as costas de Justin enquanto eu sentia ele entrar e sair de mim,eu queria que ele fosse mais rápido pois eu ainda não estava satisfeita,eu me contorcia na esperança de o sentir mais em mim,mas nada o fez ir mais rápido,eu queria ação ali,então mais uma vez fiquei por cima de Justin,sentei em seu pênis que estava totalmente ereto, enquanto me apoiava com as mãos em seu peitoral,as mãos dele agora se encontravam segurando a minha cintura,eu comecei a rebolar em seu membro enquanto ele me dava mais rapidez movimentando minha cintura,sim,eu estava me sentindo uma vadia,ele me fazia me sentir assim,e não sei por que estava adorando aquilo,tudo saiu  de minha cabeça e agora eu só sentia prazer.
As mãos dele continuavam a apertar minha cintura e me fazendo rebolar mais rápido em seu membro,nós dois gemíamos enquanto o suor descia por nossos corpos,eu me inclinei mais para Justin,e nossos abdomens suados encostaram um no outro os molhando ainda mais,eu beijei Justin enquanto ainda me movimentava sobre seu membro.
Eu estava sentindo aquela sensação relaxante vir,e Justin percebendo meu orgasmo chegar ficou em cima de mim me penetrando mais forte,enquanto nossos gemidos eram rápidos e altos,e aos poucos aquela sensação chegou para nós dois,eu me senti relaxada,assim que gozei junto com ele,seu liquido quente me invadiu me fazendo dar um suspiro de alivio,o corpo dele caiu sobre o meu,logo senti o suor de ambos se misturarem,Justin me olhou como se fosse “finalmente isso aconteceu” aqueles olhos lindos me encarando enquanto os cabelos grudados em sua testa o deixava completamente lindo,Justin depositou um beijo molhado em minha testa e eu pousou sua cabeça em meu peito.
Susan:Eu não acredito que fizemos isso!-disse acariciando seus cabelos úmidos-
Justin:Hum?
Susan:Eu não acredito que fizemos sexo Justin!
Justin:Susan...-me olhou-Fizemos amor,fizemos amor Susan,isso é errado pra você?
Continua...
Oi amores,iai gostaram da parte hot?Bom como eu já havia dito não sou muito boa nisso,mas fiz o possivel para que saísse legal,tomara que vocês tenham gostado.Então andei percebendo que os comentários nessa fic diminuíram e muito,tipo eu pedi 10 comentarios no capitulo anterior e só 3 pessoas comentaram,como assim?Antes tinha mais comentários,e vocês devem estar se perguntando por que eu continuei,tipo,eu não gosto de demorar muito,mas vocês notam que eu demoro porque fico esperando os comentários de vocês,mas agora preferi não esperar porque eu queria continuar logo,então por favor me recompensem, essa semana não vou poder entrar muito porque vou estudar para um simulado que vou ter no domingo,então vai ser bem puxado.Não comentando vocês me passam a ideia de que não estão gostando dessa fic,e se continuar assim eu vou ter que cancelar ela,porque?Porque ficar postando se a maioria das minhas leitoras não estão gostando?Pois é,me digam ai,antes que eu cancele essa fic,por favor gente!+10 comentarios!
PS:Sem comentários anônimos repetidos pela mesma pessoa!
Bjss
By @isexykidrauhl

6 comentários:

  1. wow finalmenteeeee estava maiis qque anciosa pra que isso acontece logo ja n era tmp neh hehehe e n se desculpe pq essa parrte ficou demais demaiis msm awwnnn tao fofo eelees juntos espero qque n demore pra assumir tuddo e serem felizes logo eh oq eu maiis espero...enfim desculpe por demorar pra postar os comentariioss eh que meu tmp estava se resumindo mtoo e entao fk cada vez maisss difiicil comentar tds os caps. novos mais eu smp faco o maximo pra viir ak ler e comentar espero que entenda....bom eh so isso por hoje n demora pra posstar o outro nao antes que eu surte kkkkkk bjuus amoree
    @BiebasMyPride

    ResponderExcluir
  2. ooooo céus,demorou mais recompensou!

    PERFEITO,nem sei o que dizer!

    Quero ver o que irá acontecer de agora em diante haha

    @swagbiebs__

    ResponderExcluir
  3. é pq vc demora muito para postar, por isso esta perdendo comentarios

    ResponderExcluir
  4. OMFB..Ameeeeei.Continua please. E a parte hot,foi demais

    ResponderExcluir
  5. Continuaa ta demaiss!!cade o stefan hein??

    ResponderExcluir