5 de abr de 2013

The Wrong Man 「15」



[…]
Em seus olhos eu via a confusão,perturbação,ela ficou por alguns segundos me olhando,sem dizer uma palavra.
Susan:Eu preciso ir,eu preciso ir,isso não deveria ter acontecido!-ela disse saindo e indo em direção ao carro-
Justin:SUSAN,SUSAN ESPERA,POR FAVOR ESPERA!
E quando ela ia abrindo a porta do carro eu a encurralei, encostando-a nele.
Justin:Por favor,diz que isso teve algum sentido pra você!-perguntei lançando um olhar penetrante diretamente em seus olhos-
Susan:Eu...eu não sei,eu não sei foi tão...de repente,isso não deveria ter acontecido Justin,me desculpa, mas eu tenho que ir,tenho que conversar com Stefan!
Eu não quis contraria-la.
Justin:Tudo bem,estou logo atrás de você!
Sai de perto dela e ela me olhou assustada entrando no carro, ela saiu do estacionamento e eu logo a segui.
[...]
Susan Narrando
Eu dirigia vendo pelo retrovisor Justin logo atrás, eu via que ele me lançava olhares de longe e eu não me sentia a vontade, principalmente com aqueles olhares dele, aqueles olhares que te faz sentir desejada, mas ao mesmo tempo envergonhada, parei de olhar pelo retrovisor seguindo concentrada no transito.
Cheguei em casa,e estacionei o carro na frente não me dei trabalho de deixar na garagem e vi que Justin estacionou atrás de mim,por que ele não foi pra casa dele?
Desci do carro e logo em seguida ele também,e quando me direcionei a porta da minha casa ele agarrou em meu braço.
Justin:Susan,espera!
Susan:Justin...por favor,me deixa entrar,o Stefan deve estar la dentro!
Justin:Eu acho que não!-ele disse olhando para o portão da garagem que estava aberto,eu não tinha percebido,e o carro de Stefan não estava la-
Susan:Ah não,onde sera que ele se meteu?
Justin:Você acha mesmo que ele quer conversar com você?É claro que não!
Susan:Mesmo assim,me deixa entrar!
Ele soltou meu braço e eu segui para porta e ele me seguiu novamente.
Susan:Da pra parar?
Justin:Não!
Susan:O que você quer?
Justin:Conversar!
Susan:Outra hora,agora eu não to com cabeça pra isso,por favor,me deixa entrar, amanhã a gente conversa!
Justin:Susan...não me evita,não faz de conta que nada aconteceu!-disse enquanto eu abria a porta e ia entrando, mas eu parei-
Susan:Eu não estou fazendo de conta que nada aconteceu...é que...eu preciso de um tempo pra processar tudo o que esta acontecendo Justin,eu nunca,nunca pensei que isso poderia chegar a acontecer,nós dois,um beijo,isso...isso é novo pra mim,e aliás,você faz ideia do que fizemos?Nós traímos pessoas que nos amam,nós traímos pessoas que confiam em nós,tem ideia de como eles ficariam se soubessem disso?Eu me sinto a pior pessoa do mundo!
Justin:Então...você se arrepende?
Eu não me arrependia,mas...não queria dizer que não pra ele,ou daria mais esperanças.
Susan:Por favor,eu preciso pensar um pouco,me da um tempo,eu não estou me sentindo bem,e também estou preocupada com o Stefan!
Justin:Tudo bem,eu vou te deixar pensar em tudo isso,mas fique sabendo,que...eu vou pensar nesse beijo...e em você,a noite toda,porque eu não consigo te tirar da cabeça,nem se eu tentar,então...por favor,pensa em mim,e no que eu posso estar sentindo,não me deixa mal!
Ele se aproximou,e eu pensei que ele fosse me beijar de novo,mas não foi nada disso.


Justin:Boa noite!
Susan:Boa noite!
Justin:Fica bem,eu me preocupo com você!-disse por fim e se foi-


Susan:Eu vou ficar sim,ate amanhã!
Entrei em casa fechando a porta atrás de mim logo em seguida e me encostando na mesma,colocando as mãos no rosto me dando conta do que tinha acontecido essa noite,briguei com meu marido e ainda por cima beijei o vizinho,o que eu to fazendo?
Eu não posso,eu não posso negar que Justin mexe comigo,mas isso era tão leve,e eu não pensei que o que aconteceu fosse tão...forte,eu fiquei mexida,o jeito com o qual ele me pegou,suas mãos,seus lábios saciáveis beijando os meus,foi tudo tão...magico,e o que eu pensei o que nunca aconteceria acabou acontecendo,esse sentimento que eu tinha dúvida se sentia acabou de se aprofundar.
Justin Narrando
Eu sei que eu não deveria,mas eu entrei em casa com um sorriso bobo no rosto,um sorriso de apaixonado,e o que eu tanto esperei aconteceu,eu a beijei,a beijei com todo o meu desejo,finalmente eu pude provar do beijo de Susan,que é o melhor,aquele foi o melhor beijo que eu já dei na minha vida,mas ao mesmo sinto me sinto um canalha,eu tenho uma esposa,uma esposa que me ama muito,e que eu tenho certeza que daria tudo por mim.
[...]
Tomei um banho quente e logo em seguida me deitei na cama,tentei ler um livro,mas nada me fazia tirar aquele beijo da cabeça,eu me pegava pensando naquilo a todo instante,e como foi ótimo.
Dia seguinte...
Susan Narrando
Eu tinha pegado no sono na sala,eu esperei Stefan a noite toda,mas nem sinal dele,eu não sei o que esta acontecendo,não sei o que deu nele para me tratar assim,mas de qualquer forma eu tinha que conversar com ele,eu tinha que perguntar para ele o por que de tudo isso,por que ele resolveu me tratar mal de uma hora pra outra.
Levantei do sofá com um pouco de dores nas costas,eu tinha dormido de mal jeito,mas isso não me impediria de ir para o trabalho hoje,subi ao meu quarto,a cama estava tão arrumada, e como eu queria encontrar Stefan ali,eu queria o meu marido de volta,mas isso agora parecia ser impossível, tomei um banho demorado, e logo depois fui me vestir,logo percebi que alguem me observava da outra janela,e esse alguem era Justin,eu olhei para la por uns segundos e logo depois sai do quarto,deixando ele olhando para os ares.
[...]
Tinha sido um dia cheio de trabalho e eu mal consegui desenvolver alguma coisa,não conseguir criar modelos nem nada,e olha que eu tinha uma coleção para criar,o tema é inverno em Paris,porem,eu não consegui fazer nada,eu escolhi ficar o dia todo no trabalho,e só sai as 7,com esperança de quando eu chegasse em casa Stefan estivesse la,mas ele não estava,cheguei e a casa estava totalmente vazia,dei um suspiro de tristeza e me sentei no sofá me pondo a chorar,eu estava preocupada com ele mais que tudo,eu o amo,e não quero que ele se afaste de mim,e eu nem mesmo consigo entender por que isso.
Enquanto eu chorava,ouvi a porta sendo aberta e sendo fechada com força,levantei no rosto assustada e Stefan me olhava parado,com as chaves na mão,olhei em seus olhos que pareciam cansados,ele desviou o olhar.
Susan:Stefan!-eu disse me levantando indo abraço-lo,mas ele desviou e foi para o quarto e eu o segui-Stefan por favor me diz o que ta acontecendo,por favor,por que você ta assim comigo?-perguntei aos prantos enquanto ele fazia de conta que não me ouvia-FALA COMIGO,O QUE EU FIZ PRA VOCÊ FICAR ASSIM COMIGO?
Stefan:Eu já to se saco cheio dessa vida Susan!-disse indo em direção ao armário e pegando uma mala-
Susan:O QUE VOCÊ TA FAZENDO,VOCÊ VAI...VOCÊ VAI EMBORA?
Stefan:O que você acha?-pegou umas roupas e foi jogando na mala-
Susan:NÃO,POR FAVOR NÃO STEFAN,NÃO ME DEIXA!-tentei impedir que ele pegasse as roupas do armário, mas foi em vão-NÃO ME DEIXA POR FAVOR STEFAN EU TE AMO,EU PRECISO DE VOCÊ!-as lagrimas agora eram inevitáveis-
Stefan:Eu não estou te deixando,só entenda,eu preciso pensar em o que eu estou fazendo da minha vida e se realmente meu lugar é ao seu lado,eu vou sair daqui!
Susan:ENTÃO VOCÊ NÃO TEM CERTEZA SE SEU LUGAR É AO MEU LADO STEFAN?DEPOIS DE 3 ANOS VOCÊ NÃO TEM CERTEZA??????
Stefan:Não me faça essas perguntas Susan,não chore!
Susan:COMO?COMO EU NÃO VOU CHORAR STEFAN?SE O HOMEM QUE EU AMO ESTA ME DEIXANDO?
Stefan:EU JÁ DISSE QUE NÃO ESTOU TE DEIXANDO SUSAN,EU SÓ QUERO DAR UM TEMPO!
Eu enxuguei as lagrimas e parei com o drama.
Susan:Então você fica...e eu saio!-disse decidida-
Ele parou de colocar as roupas na mala e me olhou.
Stefan:De jeito nenhum,eu vou!
Susan:EU JÁ DISSE QUE EU VOU!
Agora eu pegava uma mala e colocava roupas nela,desfazendo a de Stefan.
Stefan:VOCÊ TA ME DESAFIANDO SUSAN?
Susan:NÃO,ESSA CASA É SUA,VOCÊ QUE COMPROU,ENTÃO É MAIS DO QUE JUSTO VOCÊ FICAR!AQUI VOCÊ DEVE PENSAR MELHOR O QUE FAZER DA SUA VIDA!-agora eu voltava a chorar,eu não me contive-
Fiz minha mala em poucos minutos,e fui levando-a para sala,enquanto Stefan tentava me impedir,mas agora eu não dava ouvidos a ele,enquanto ele gritava comigo e fui para fora,com a mala e a coloquei no carro.
Susan:EU NÃO SEI POR QUE VOCÊ ESTA FAZENDO ISSO,POR QUE VOCÊ COMEÇOU A ME TRATAR MAL DE UMA HORA PARA OUTRA STEFAN,EU NÃO FIZ NADA PRA VOCÊ E EU TENHO CERTEZA DISSO,MAS AGORA VOCÊ VEM ME DIZ QUE NÃO TEM CERTEZA SE SEU LUGAR É AO MEU LADO?O QUE VOCÊ PENSA QUE EU SOU?ALGO DESCARTAVEL?DEPOIS DE 3 ANOS VOCÊ DIZ QUE NÃO TEM CERTEZA?VOCÊ SE CANSOU DE MIM,É MAIS DO QUE OBVIO,ENTÃO,EU SAIO DESSA CASA,E NÃO VOCÊ,PORQUE ELA É SUA E NÃO MINHA!
Entrei em meu carro batendo a porta fazendo um barulho alto,enquanto Stefan me olhava sem dizer uma palavra,eu tinha que tomar essa decisão,ele vai pensar,eu sei que vai,e vai perceber que o que ele fez comigo não foi nada bom,ele me ofendeu quando disse aquelas coisas ontem,então,eu não posso ficar chorando,esperando ele vir e me abraçar dizendo que me ama,eu tenho que ser forte,porque uma hora,ele vai me procurar.
[...]
Dirigindo naquela noite fria,eu não sabia pra onde ia,mas eu ia pra qualquer lugar onde eu pudesse pensar bem,e me desafazer dessa dor que predomina em meu peito,eu ainda estava em meu bairro, dobrei a esquina e percebi que um carro logo veio atrás de mim,e eu reconheci,era o carro de Justin,eu não acredito que ele estava vindo atrás de mim,olhei pelo retrovisor e ele olhava atentamente para o meu carro,aumentei a velocidade querendo logo sair dali,e ele fez o mesmo me seguindo.
[...]
Eu já estava no centro de Nova York,procurando alguem hotel para ficar,eu estava ficando atordoada com aqueles barulhos todos na cidade,minha cabeça doía,e eu tinha vontade de sumir,vi que meu celular vibrou,e no visor tinha o nome de Justin,era um sms dele,peguei rapidamente guiando o carro apenas com uma mão,no sms tinha Encosta no restaurante”.
Olhei para frente e vi o restaurante que ele falava,eu não podia parar,mas alguma coisa me fez parar,agora eu precisava de alguem para conversar,e Justin seria a melhor pessoa,porque ele sabe conversar.
Encostei na frente do restaurante e vi Justin encostando logo atrás de mim,sai do carro olhando para ele que saiu também,ele fez uma cara triste,vendo que eu também estava assim.
Veio ate mim e eu senti meu coração batendo mais forte conforme ele se aproximava, eu não sei o que foi aquilo, foi bem estranho.
Justin:Não esta nada bem não éh?
Susan:Você ouviu?
Justin:Ouvi tudo,bem claramente!
Abaixei a cabeça e dei um suspiro de tristeza.
Justin:Não fica assim não,lembre-se,eu estou aqui,e vou fazer de tudo pra ver você sorrindo de novo,deixa o Stefan pra la,porque eu estou aqui!
Ele colocou uma de suas mãos em meu queixo levantando minha cabeça bem lentamente e olhando em meus olhos.
Susan:Obrigada Justin...mas...por favor,não pense que...isso vai mudar algo entre nós...
Justin:Não,não,eu não estou me aproximando de você agora com essa intenção,eu quero te ajudar a superar essa dor,deixa?
Eu sorri fraco e assenti.
Justin:Quer entrar?É melhor,vai chover e dirigir com a chuva que vai vir não é nada bom!
Susan:Tudo bem!
[...]
Logo que entramos no restaurante alguns minutos depois começaram a cair os primeiros pingos de chuva que logo engrossaram e deu inicio a uma chuva bem forte,Justin fez dois pedidos para nós,mas eu não tava com fome,só iria aceitar por questão de bom senso, ele é legal comigo e eu não quero deixar ele perceber que estou acabada mais do que ele já vê.
Justin:Susan...eu não gosto de te ver assim,por favor,da algum sinal de felicidade!
Susan:Felicidade Justin?Agora não há felicidade nenhuma em mim,eu estou acabada,o Stefan me deixou assim!
Justin:Se eu fosse ele nunca falaria aquelas coisas pra você,como eu não teria certeza que meu lugar é ao seu lado?Eu nunca teria dúvida disso,nunca ousaria falar isso pra você,porque se eu fosse ele a maior certeza que eu teria essa...que meu lugar é ao seu lado!
Ele falou aquilo como se ele fosse Stefan mesmo,ele falou com tanta sinceridade que eu senti que ele estava falando aquilo para que eu percebesse que o lugar dele era ao meu lado.
Susan:Eu não sei por que...depois de 3 anos,ele vem dizer isso pra mim,que não tem certeza,sera que ele tem outra  mulher?Por isso esta me tratando assim?
Justin me encarou frio,e não falou nada.
Justin:Ele vai se dar conta de que te magoou,e depois vai vir pedir perdão,eu tenho certeza,porque sempre fazemos isso Susan...mas...eu nunca trocaria uma mulher como você por outra!
Susan:Você esta se colocando muito no lugar de Stefan!
Justin:Porque eu queria estar no lugar dele,eu queria que você fosse  minha,eu quero que você seja minha!-disse firme e eu me intimidei-
Susan:Não fale isso,eu não quero!
Justin:Não quer ser minha?-perguntou com uma duvida martirizante nos olhos-
Eu fiquei em silencio.
Susan:Por favor Justin,eu já disse pra parar,eu tenho que ir embora,eu tenho que descansar!
Peguei minha bolsa e me levantei,nem toquei na comida assim como ele.
Percebi que ele se levantou junto a mim e me seguiu ate a porta,estava chovendo muito e realmente ia ser difícil ir embora agora.
Justin:Pra onde você vai?
Susan:Pra qualquer lugar!
Justin:Vai dormir num quarto de hotel?
Susan:Sim!
Justin:NÃO!-pegou em meu braço-
Susan:Para com isso,me deixa ir!
Justin:Não é justo você ter saído da sua casa deixando o Stefan no conforto enquanto você vai dormir num quarto de hotel!
Eu olhei para ele.
Justin:Você pode ficar na minha antiga casa,la com certeza é melhor do que um hotel,você pode ficar la o tempo que quiser!
Susan:Não Justin,eu não posso aceitar!
Justin:Por que não?Eu estou te fazendo um convite,eu não quero que você vá para um hotel,por favor Susan,vamos para la,eu te dou as chaves te acompanho ate la e depois vou embora ok?
Fiquei encarando-o por uns 10 segundos,enquanto ele também me encarava esperando uma resposta.
Susan:Só vou ficar essa noite!
Ele assentiu.
CONTINUA...
Gente vcs estão gostando dessa fic?Sei la to achando meio chata,mas me digam,se tiver chata eu melhoro ta?Ta chegando a parte hot dele,seu quero logo acabar essa fic,pra botar outra no lugar!Ai gente vcs viram no cabeçalho?Ta uma bosta fica descendo e eu não sei como ajeitar,isso ta muito feio,tenho que mudar,não estranhem isso!Me digam se gostarem,comentem!+10 comentarios!by @isexykidrauhl

3 comentários:

  1. AI O STEFAN ESTÁ ESTRANHO :/

    MAS AMEI TUDO DESSE CAPITULO E ESSE HOT ENTRE O JUSTIN E A SUSAN,TIPO TEM QUE CHEGAR LOGO :)

    COONTINUA PERFEIÇÃO

    @SwagBiebs__

    ResponderExcluir
  2. nossa que triste, mas ao mesmo tempo boa essa separação da Susan e Stefan, ele é um idiota! Eba o Jus tá ajudando! Tá perfeito o cap, continue! By; @ImBelieberTrue

    ResponderExcluir
  3. Aii chessus será que o Stefan fã tendo um caso com a esposa do Justin uii,To amando a IB e ela nao ta chata. Por favor continua logo :)

    ResponderExcluir