26 de dez de 2012

WANEGBT Parte 5 (final)



OBS:
OK,EU SEI QUE NÃO É MAIS NATAL,MAIS EU TENHO QUE TERMINAR A #IB OK?ENTÃO NÃO ESTRANHEM,AH E SE TIVER ALGUM ERRO ORTOGRAFICO,ME DESCULPEM,ESCREVI ESCONDIDA AQUI KKK
POV’s Justin
Parece que nunca tínhamos brigado na nossa vida,depois daquela noite perfeita de amor,eu e Claire conversávamos sobre nós,sobre o nosso futuro,sobre a nossa filha,mais ela não parecia estar muito feliz,parecia estar preocupada com algo,estava com sua cabeça em meu peito enquanto eu acariciava seus cabelos macios.
Justin:Nem acredito que isso ta acontecendo!
Claire:Nem eu...-respirou fundo-
Justin:O que foi Claire?-disse me ajeitando na cama e me sentando,encostando as costas na cabeceira da cama-
Ela ficou sentada de frente pra mim,abaixou a cabeça e respirou fundo.
Claire:O Paul...
Revirei os olhos.
Justin:Ah não esquece essa cara!
Claire:Não Justin,não é fácil,ele me ama!
Justin:Ué?Acaba tudo com ele e diz que você voltou comigo!
Claire:Você acha que é fácil Justin?Você acha que é fácil ouvir a pessoa que você ama te dizer “ ah ta tudo acabado eu voltei com o meu ex” Como você reagiria? Do jeito que você é descontrolado quebraria tudo não éh?
Justin:Éh...
Claire:Então...entenda isso,não vai ser fácil,eu não posso fazer isso!
Justin:Então vai preferir ficar com ele do que comigo?
Claire:Não é isso!
Justin:Então o que éh?Sabe...a Mack ficaria muito feliz se visse a gente sem brigar!
Claire:Eu sei mais...
Justin:Não quer sejamos aquela família feliz de novo?Eu quero!
Claire:Eu também quero Justin...mas e se acontecer tudo de novo?
Justin:Tudo de novo o que?
Claire:Você sabe...tudo o que aconteceu naquela noite a 2 anos atrás!Eu ainda penso muito nisso,e você nunca perdeu esse jeito descontrolado,você nunca parou de beber!
Justin:Eu paro por você,eu paro para que a gente possa ser feliz de novo,eu paro!
Claire:Sabe que não vai conseguir!
Justin:Eu sei que vou,eu confio em mim,eu confio no meu amor por você!
Claire:Mas esse não é o problema agora,você sabe qual é!
Justin:Eu sei,tem esse Paul ai,deixa ele!
Claire:Eu não posso,agora...agora que eu vou começar a minha vida de novo,uma vida nova com a minha filha e com Paul,você me quer de volta?
Justin:Eu tomei essa decisão na hora errada eu sei!
Claire:Então não me faça escolher entre você e ele Justin!
Justin:Desculpa,eu sou um imbecil,mais depois de tudo o que aconteceu entre nós agora...
Claire:Foi só uma recaída,e alias você não esta no seu estado normal,você bebeu!
Justin:Bebi pra tentar de esquecer!
Claire:Você vem fazendo isso a um bom tempo e não consegui!A melhor coisa que você pode fazer agora é arranjar uma mulher que possa te dar uma nova família assim como eu estou fazendo,eu quero recomeçar a minha vida com Paul,eu não posso acabar tudo com ele agora,não posso deixa-lo para tras!
POV’s Claire
Eu deixei que aquilo acontecesse,eu deixei ele me amar outra vez e por um momento pensei que pudéssemos ser felizes outra vez,mais não,eu não posso fazer isso,eu não posso deixar o Paul,sábado nos vamos viajar,isso mesmo eu estou indo embora de Nova York,Paul já esta tão adiantado,ele comprou uma casa para nós em Miami,e eu não quero voltar aqui nunca mais,eu vou começar uma vida nova com a minha filha e o Paul,vamos passar o natal na nossa nova casa,e me doi dizer para Justin que ele talvez nunca mais veja a Mack.
Justin:Então vai me deixar?
Claire:Eu já te deixei a muito tempo,e você também me deixou!
Justin:Eu só quero que você saiba que eu nunca vou amar outra mulher como eu amo você,nunca mais vou ser feliz como fui com você,você vai perder a oportunidade de recomeçar comigo e ver que eu mudei!
Claire:Desculpa Justin,mais eu não posso me perdoa!
Ele mordeu os lábios e olhou para baixo,depois olhou para cima por alguns segundos com olhar de decepção.
Justin:Tudo bem!-disse se levantando-
Claire:Você vai embora?
Justin:É isso que você quer!
Eu ainda não havia contado a ele que eu iria embora de Nova York.
Ele começou a se vestir,e depois de alguns minutos já estava vestido por completo,saiu do quarto sem dizer nada,eu fui atrás dele ate que ele chegou na porta.
Claire:Justin...-ele estava quase abrindo a porta-
Justin:O que é?Vai jogar na minha cara outra vez que você tem o Paul?
Claire:Olha Justin...eu sei,eu sei e você também sabe que isso esta difícil pra nós dois!
Uma lagrima saiu de  meu olho,e do dele também.


Justin:ENTÃO POR QUE VOCÊ TA FAZENDO ISSO?SE SABE QUE É DIFICIL?
Claire:Por que essa é a coisa certa a fazer!
Justin:Eu sei que você não ama ele!
Claire:EU AMO EU AMO SIM!!-menti descaradamente,eu gosto do Paul mas...não o amo,eu quero aprender a ama-lo-
Justin:Serio?Que bom!-disse decepcionado-Só que você não sabe mentir,eu te conheço!
Claire:Hey...-disse colocando minhas duas mãos em seu rosto-Eu posso estar com o Paul,mais fique sabendo que você é o homem que eu vou guardar no coração pra vida inteira!
A única coisa que eu quis fazer foi beija-lo,beija-lo pela ultima vez,e eu fiz isso,mais ele estava inconformado.


Claire:Agora vai,você tem que ir embora!
Justin:Então é isso que você quer neh?
Eu não disse nada,por que não era isso que eu queria,ele me olhou,e saiu naquela noite fria.
3 dias depois
Eu estava arrumando minhas malas e as de Mack,Paul estava cuidando das coisas do caminhão de mudança,eu estava ali,mais com minha cabeça em outro lugar,eu só conseguia pensa em Justin,de repente eu parei de arrumar as coisas,eu não podia ir embora e levar a Mack sem dizer nada a ele,então eu resolvi escrever uma carta,e nessa carta eu iria dizer tudo a ele,íamos viajar a noite, e acho que chegaremos a Miami amanhã de manhã,me sentei na cama e comecei a escrever tudo que eu estava sentindo,tudo o que eu queria dizer a Justin pessoalmente,mais não estava preparada psicologicamente pra isso.
POV’s Justin
Fiquei trabalhando o dia todo,mais eu não estava conseguindo me concentrar no que eu realmente devia fazer,eu não conseguia para de pensar naquela noite de amor com Claire,e mesmo assim ela me deixou,pra ficar com aquele Paul,mais agora é tocar a vida pra frente,pelo menos eu ainda vou poder ver a minha filha,nem sei se vou conseguir passar o Natal com ela,eu não admito ter que passar  o Natal sem minha filha só por que o Paul vai la,não mesmo.
[...]
POV’s Claire
Eram 6 da tarde,o sol já tinha se posto e a neve começou a cair sobre a cidade de Nova York,tudo já estava ficando tão frio,mais antes de ir para o aeroporto eu dei um jeito de sair para ir ate o prédio que Justin morava,chegando la deixei a carta que havia escrito para ele no recepcionista,disse pra ele ,para que quando Justin chegasse ele desse essa carta a ele,em momento algum as lagrimas pararam de cair de meus olhos,eu não conseguia para de chorar,ate o recepcionista estranhou,eu dei a carta a ele,e sai.
[...]
Voltei para casa e Paul estava a minha espera com Mack.
Eu tinha que me recompor,não queria que eles me vissem assim.
Paul:Onde você ta amor?
Claire:Éh...eu fui...me despedir de uma amigas!-eu disse passando as mãos nos olhos-
Paul:Você...você ta chorando?
Claire:Éh...estou?-eu disse enxugando os olhos-Eu...eu nem percebi!-forcei  um sorriso-
Paul:É você esta!Tem certeza de que quer ir embora?
Claire:Tenho,tenho Paul!
Paul:Bom...então é melhor irmos logo por que estamos atrasados!
Claire:Claro,vamos!
Paul pegou as malas e foi para fora com Mack,eu fiquei na sala,eu ia sentir falta daqui,olhei para tudo e mais lagrimas escaparam de meus olhos.



Claire:Esquece ele Claire!Esquece!-eu disse a mim mesma-
POV’s Justin
Sai do trabalho uma pilha,minha cabeça estava quase pra explodir, antes de mesmo de entrar no prédio já fui tirando a gravata e o blazer,eu ia entrando no elevador mais Jack,o recepcionista,me chamou,ele tinha um pequeno envelope na mão.
Jack:Senhor Justin,a srta. Claire esteve aqui,e deixou isso pra você!
Quando ele disse o nome da Claire,meu coração disparou.
Justin:A CLAIRE?MAIS O QUE ELA VEIO FAZER AQUI?
Jack:Eu não sei,mais ela parecia bem triste!
Justin:Ah...obrigado Jack!
Peguei o envelope e  abri,era uma carta,mais por que isso?Sera que aconteceu alguma coisa?Eu tratei de lê-la ali mesmo.
Justin...Eu sei que não é a melhor coisa a fazer,mais eu vou ser breve,a nossa relação não tem sido uma das melhores,quando deveria ser,temos uma filha,eu sei que você a ama muito e que me aguentou esses dois anos só por causa dela,quer dizer,nos aguentamos só por causa dela,mais eu sei que nunca nos odiamos,e sim nos amamos cada vez mais a cada dia,você concorda não éh?Só que não queríamos admitir,sempre brigamos,quando queríamos amar um ao outro,só que o orgulho não nos deixava,aquela noite eu nunca esqueci,você disse que me amava,mais eu não disse que te amava disse?Talvez porque eu não queria te machucar,mais a verdade é que eu te amo,te amo muito,nunca deixei de te amar,mas agora eu vou começar uma vida nova,e eu sinto muito por ter que te deixar passar o natal sozinho,sem a Mack,eu sinto muito,mais você nunca mais vai poder passar o natal com ela,desculpa por não ter te dito mais eu estou indo embora hoje,para Miami,o Paul comprou uma casa la,vamos passar o natal la como uma família feliz que nos fomos um dia lembra?Eu quero sentir essa sensação de novo,a mesma sensação que senti com você quando eramos casados,e vamos nos casar no ano que vem,foi tudo tão rápido,nunca pensei que fosse me casar de novo,e com ele,eu não ia te dizer nada,eu não ia te dizer que vou embora,mais eu pensei no quanto você ama a Mack e no quanto você ficaria triste se uma fosse vista-la e achar a nossa casa vazia,você iria ficar louco,e provavelmente deprimido,eu te conheço,mais eu quis te contar antes que fosse tarde e alias já é tarde,vamos pagar o vôo das 7:30pm,e quando você ler essa carta não vai dar mais tempo de vir atrás de nós,por que eu sei que se desse você faria isso,então é isso eu só desejo tudo de bom pra sua vida,tudo de bom pra você,você merece outra pessoa,e não eu,tenha um feliz natal assim como eu vou ter,e seja feliz assim como eu vou ser,e saiba que...eu sempre vou lembrar de você,e como um dia você me fez feliz,adeus”
De Claire
Para Justin
E uma lagrima caiu de meu olho assim que eu li a ultima palavra daquela carta,como ela vem me avisar que vai embora só agora?E ela acha?Ela acha que eu vou ser feliz sem ela?Sem a minha filha?É claro que não,elas são as únicas razões de eu ainda ter um sorriso no rosto,tudo bem eu estou separado da Claire,mais pelo menos eu ficava aliviado de saber que elas nunca iriam sair da minha vida,mais agora o meu maior pesadelo esta virando realidade.
Justin:NÃO,NÃO,NÃO!!
Jack:O que foi senhor Justin?
Justin:Me deseje sorte Jack!
Joguei tudo no chão e sai correndo.
Jack:Éh...BOA SORTE SENHOR JUSTIN!!!!-ouvi ele gritar atrapalhado-
Entrei no meu carro e sai dali em disparada como se a minha vida dependesse delas,de Claire e de Mack,e depende,eu não posso deixar as duas razões da minha vida irem embora,eu não posso,a neve caia no vidro do meu carro enquanto eu tentava sair daquele engarrafamento,eram 7 horas da noite,eu tinha que estar la em meia hora ou se não minha vida se acaba,eu não estou sendo exagerado se é isso que vocês estão pensando,eu as amo infinitamente como as estrelas que estão no céu.
O sinal abriu e eu quase voei pela aquela avenida,só espero que eu não ganhe uma multa,o carro deslizava naquela avenida lisa enquanto eu desviava dos outros tentando ir mais rápido,já eram 7:20pm,eu tinha gastado 20 minutos naquele maldito engarrafamento.
Justin:Vamos a Justin,você consegui!
Acelerei indo cada vez mais rápido,por um momento achei que fosse bater.
POV’s Claire
Já estávamos passando as malas para entrar no avião,era como se eu estivesse esperando algo,minhas mãos suavam agarradas com as Mack,que parecia um pouco triste.
Mack:Mamãe?Eu ainda vou ver o papai?
Claire:Eu não sei filha...eu não sei!
Mack:Eu não quero ficar longe dele!
Aquelas palavras doíam,ela iria sofrer por causa dessa minha decisão de idiota.
Paul veio ate nós.
Paul:Prontinho,já podemos ir!-disse e logo em seguida me deu um selinho-
Fomos a caminho do corredor,para a entrada do avião,eu olhei para tras,eu sabia que algo estava por vir.
POV’s Justin
Cheguei naquele aeroporto,entrando la feito louco,corri o mais rápido que eu pudi,olhei na tela onde ficavam os horários dos vôos e o de Claire estava quase saindo.
Justin:DROGA!!!!
Corri mais rápido,eu estava atrasado demais,olhei para um lado e para o outro,tentando avista-la,e logo consegui,ela estava de mãos dadas com Mack,elas estavam quase entrando no corredor que dava entrada para o avião.
Justin:CLAIREEEEEE!!!!!-gritei o mais alto que pude-
Ela virou assustada,estava supresa.Eu corri para mais perto,eu não podia passar e ir ate ela.
Justin:CLAIRE POR FAVOR NÃO VAI EMBORA,POR FAVOR NÃO!!!!
Claire:JUSTIN??
Ela veio ate mim,e lagrimas começaram a sair de seus olhos e escorrer por todo o seu rosto.
Justin:Por favor não vai embora com Mack,eu te amo,eu amo a minha filha eu não quero perder vocês,por favor fica comigo,casa de novo comigo!!!!-eu disse rápido e automaticamente me ajoelhando a seus pés,e pegando suas mãos-
Claire:Justin...não,não eu não posso!
Justin:VOCÊ PODE,VOCÊ PODE E VOCÊ QUER!!!!
Mack:PAPAI!!!!-disse Mack vindo correndo ate mim e me abraçando-
Tudo o que eu queria agora era um abraço da minha filha,a envolvi em meus braços.
Mack:Papai...eu não quero ir embora!
Justin:Eu também não quero que você vá!
Me levantei e fiquei cara a cara com Claire.
Justin:Nesse natal...eu quero que você seja o meu presente!
Ela sorriu.
Justin:Deixa esse cara...e vem comigo!
Ela olhou para Paul que estava la atrás apenas olhando tudo aquilo que estava se passando.
Ela não falou nada,apenas foi ate ele,ele pareceu falar algo para ela,ela o abraçou,e os dois vieram ate mim.
Paul:Não pisa na bola com ela outra vez,ou eu vou ser obrigado a voltar,se tem um motivo pelo qual eu estou deixando ela ir com você,é porque eu a amo,e tenho certeza que ela iria comigo,mais não ia tirar você da cabeça,eu não quero brigar com você,então cuida dela!
Assenti serio.
Justin:Pode deixar!
Claire:Adeus Paul!
Paul:Adeus não,um dia vamos nos ver outra vez,se cuida!-disse me dando um beijo na testa-Ate mais,e Mack...um dia vamos sair de novo!-disse a abraçando-
Mack:Ate mais tio Paul!-os dois sorriram-
Paul se foi,Claire estava mal,mais eu sei que era isso que ela queria,queria ficar comigo.
Ela me abraçou.

Eu a olhei e sorri,eu não acredito que tinha conseguido parecia um sonho, pomos as mãos um no rosto dos outro.

Justin:Eu te amo Claire!
Claire:Eu não acredito que você veio Justin,nunca pensei que você fosse fazer isso!
Justin:Mais eu fiz,por você e pela Mack!
Claire:Eu te amo!-disse por fim e me beijou-


POV’s Claire
Era Natal,e talvez o mais feliz de toda a minha vida,com as duas pessoas que eu mais amo,Justin e Mack,aquilo tudo parecia um sonho,estávamos tão felizes,aquela noite de Natal era a melhor,estávamos na trocando nossos presentes e como sempre,tive que fazer uma pegadinha com Justin.
Justin:Ah não Claire?Escova de dente de novo?Você nunca cansa?-disse querendo rir-
Claire:Não,eu adoro fazer isso com você,você pensa que eu vou trocar todo ano neh?Mais eu te pego te surpresa!-sorri-
Mack:Você sempre cai nessa papai!-sorriu-
Justin:Sua mãe é um palhaça!
Claire:A sua palhaça!-disse a abraçando-o-
Justin:Pra sempre a minha palhaça!
Justin sorriu e logo depois me beijou.


Justin:Feliz Natal amor!-disse acariciando meu rosto-
Claire:Feliz Natal!
Nos abraçamos os três,tinha como querer mais?Eu,meu marido,minha filha,passando o natal juntos e felizes,como eu nunca pensei que fosse antes,é...quando você menos espera,a vida te surpreende.
FIM
Olaaa minhas lindas,desculpem-me por não ter postado antes é que ontem eu não pude entrar,e hoje quase que eu não postava também,eu tava morrendo de febre mais eu já melhorei,ainda bem,então o que acharam desse final?Eu escrevi nas pressas,mais espero que vocês tenham gostado,me digam TUDO!Ah e só uma coisa eu me confundi na hora de postar Luck In Love,eu pulei a parte 25 e postei logo a parte 26 uma leitora me avisou,a proposito obrigada,amanhã eu posto a parte 26!
Comentem aqui!
Bjss
By @isexykidrauhl

24 de dez de 2012

WANEGBT Parte 4



POV’s Justin
Sai de la perturbado,não acredito que tive coragem de beija-la de novo,mais aquele beijo foi tão bom,meus lábios roçando nos seus,minha lingua travando uma batalha com a dela,minhas mãos em seu corpo,as mãos dela em minha nuca,como um dia foi antes,como uma dia para nós isso era a melhor coisa,mais agora é uma coisa que nos perturba e é assim que eu estou,perturbado por tela beijado de novo depois de tanto tempo,eu sentia falta disso,mais como eu queria que ela esquece esse cara,como eu quero te-la pra mim novamente,mais o meu orgulho medíocre não permite,não permite que eu ame como amei antes,tão inteso e profundamente,queria que ela se tornasse tudo pra mim outra vez,e que eu me tornasse tudo para ela de novo.
Justin:QUE DROGA,QUE DROGA!!!-disse dirigindo em alta velocidade,eu tinha vontade de sumir para sempre-
POV’s Claire
Depois daquilo que ele me disse,eu fiquei partida em pedaços,era como se alguém tivesse me apunhalado,e foi isso que ele fez,me apunhalou como se eu fosse sua pior inimiga,e parece que foi isso que se sucedeu aqui,ele me odeia,eu sei que sim,mais eu não sei por que,eu que devia odia-lo mais que nunca,mais durante esse tempo todo eu nunca consegui sentir ódio dele,e sim mais amor,eu nunca deixei de ama-lo,mais eu tento esquece-lo com Paul,e eu sei que vou esquece-lo,eu sei que sim,Paul é um dos melhores homens que eu já conheci na minha vida,e não vou deixar a oportunidade de ser feliz outra vez passar.A única coisa que eu fazia agora era chorar,e mais nada.
                                            
2 semanas depois
Minha relação com Justin não estava sendo uma das melhores,mais em compensação eu estava muito feliz com Paul,nessas duas ultimas semanas ele vem me deixando muito feliz,acho que ele é o homem certo pra mim,e além do mais Mackenzie adora ele,sempre saímos com ela,ela adora isso,parece que ela se diverti mais com ele do que com Justin.
POv’s Justin
Esse Paul,ah esse Paul...como eu tenho vontade mata-lo,e atira-lo de um penhasco,cada vez mais Claire e Mackenzie estão mais próximas dele,e essa distancia me deixa furioso,Mack quase nem esta mais ligando pra mim,eu não saio mais com ela nem a colocar pra dormir,nem mesmo fico com nas noites de tempestade como eu sempre fazia,já estávamos na semana do natal,e eu ainda nem tinha comprado o presente dela,mais acho que o meu presente não vai fazer diferença nenhuma na vida dela,afinal agora ela tem o “Paul”,eu só quero a minha filha de volta,eu não posso deixar que ele a tome de mim,eu não quero que ele seja o novo “papai” dela,se Claire esta tentando me tirar da vida da Mack,ela ta conseguindo.
[...]
Eu estava no trabalho,estava quase terminando uma papelada de uma casa que ia ser vendida,olhei para a janela e a neve caia sem sessar la fora,me distrai olhando aquela neve cair e comecei a pensar em Claire e Mackenzie,todo ano na época de Natal nos ficávamos juntinhos a noite,brincávamos,conversávamos e na meia-noite trocávamos presentes,Claire sempre me dava uma escova de dente pra fazer palhaçada,ela e sua mania de fazer pegadinha,fomos tão felizes e isso acabou por causa de uma burrice minha,todos aqueles pensamentos que passavam por minha mente,arrancaram um sorriso do meu rosto,meu casamento com Claire,me tras varias lembranças boas.
Assim que terminei as coisas no trabalho,decide fazer uma visita para Mackenzie,talvez ela ficasse feliz em me ver,alias faz 5 dias que eu não a vejo,toda vez que eu vou visita-la eu ligo para Claire para avisar,mais agora decidi fazer surpresa.
POV’s Claire
Eu,Paul e Mack tínhamos acabado de chegar da pista de patinação,foi ótimo,por sorte chegamos antes da nevasca ficar mais forte,Mack estava morrendo de frio,então tomamos um chocolate quente e fomos para o quarto dela,ficar agarradinhos os três na cama,ela estava com sono,a essa hora com sono,e como sempre tive que cantar uma canção de ninar para ela.
POV’s Justin
Cheguei a casa de Claire e a nevasca tinha piorado,sai do carro indo a porta da casa dela rapidamente,tava encostada,estranho,ela sempre deixa trancada,entrei deixando meu casaco no cabide da sala,estava tudo calmo la,certamente elas estava no quarto de Mack conversando,elas adoram fazer isso,sempre ficamos conversando os 3 no quarto de Mack,era muito bom,eu subi as escadas bem devagar pra não fazer barulho e com forme eu ia me aproximando do quarto eu ouvia vozes cantando,tinha uma voz masculina,eu fui me aproximando e cheguei a porta do quarto,eu quase ia entrando mais ai vi que Paul estava junto a elas na cama,fiquei espiando na pequena abertura que a porta me proporcionava,Claire estava fazendo com ele o mesmo que fazia comigo quando colocava Mack pra dormir,estava cantando uma canção de ninar com ele para Mack,então é isso?Ele vai ficar no meu lugar,vai ser o novo pai dela?Claire estava fazendo tudo errado,ele não pode me substituir.
Mack:Papai canta mais!-disse Mack olhando para Paul-
O que?Ela chamou ele de pai?Não,eu sou o pai dela,apenas eu e ninguém mais,ele não pode ficar no meu lugar e fazer todas aquelas coisas que “eu” costumava fazer com ela,eu não podia mais ficar ali vendo aquele palhaçada toda,eu estou sentindo tano ódio da Claire,como ela pode fazer isso?Colocar outro homem pra ser o pai da Mack?Eu estava bufando,meus punhos fecharam e eu sai dali com uma rapidez inexplicável,e acabei fazendo barulho.
POV’s Claire
Estavamos cantando para Mack,quando de repente ouvimo uns barulhos de passos descendo a escada.
Paul:Que barulho foi esse?
Claire:Não sei...vou ver!
Me levantei,indo rapidamente ao corredor e seguindo para a escada,chegando la me deparei com Justin la embaixo,ele estava indo embora.
Claire:Justin?Eu não sabia que você tava aqui!
Ele estava de costas abrindo a porta,mais quando falei com ele,ele virou,seu rosto estava vermelho,ele trincava os dentes,e seus olhos estavam cheios de agua,por que ele tava daquele jeito?
Claire:O que aconteceu?-disse descendo as escadas rapidamente e indo ate ele-
Quando cheguei mais perto vi a gravidade de sua raiva,era horrível,nunca o vi tão irritado como agora,ele não falava nada,mais seu rosto dizia tudo.
Claire:Eu não sabia que você tava aqui!
Justin:Estou aqui a pouco tempo,mais foi suficiente pra ver AQUELA PALHAÇADA!!!!!!!-gritou nas duas ultimas palavras-
Claire:Just...
Justin:COMO VOCÊ TEM CORAGEM DE POR ELE NO MEU LUGAR?DE DEIXAR A MACK CHAMAR ELE DE PAI?????EU SOU O PAI DELAAA!!!!-disse me empurrando,ele estava furioso-
As lagrimas escorriam  de seu rosto sem parar,e eu logo comecei a chorar também,eu cai no chão e ele veio pra perto de mim,quando ia se aproximando vi que Paul desceu as escadas rapidamente e de um soco em Justin,que cai no chão.
Paul:QUEM VOCÊ PENSA QUE É PRA FAZER ISSO COM ELA?????
Justin:QUEM VOCÊ PENSA QUE É PRA TOMAR O MEU LUGAR?-disse Justin se levantando e voando em cima de Paul,eles começaram a se bater quebrando tudo-
Cairam no chão Justin ficou em cima de Paul dando inúmeros socos em seu rosto,podia ver tamanha a sua raiva,era inexplicável.
Claire:JUSTIN POR FAVOR PARAAAAAA!!!!!-disse desesperada e chorando,tentei tirar ele de cima de Paul mais de nada adiantou-
Mack surgiu no alto da escada,chorando e gritando.
Justin não estava escutando,não sabia que Mack estava ali na sala,a raiva não lhe dava consciência.
Mack:PAPAI POR FAVOR PAAAAARAAAAA!!!!!!-gritou com força-
Justin parou e olhou para o alto da escada onde Mack se encontrava,saiu de cima de Paul e foi ate ela,abraçando-a.
Claire:SAI DE PERTO DELA JUSTIN!!!!!!
Justin me olhou.
Mack:Por favor não briguem!-disse chorando-
Claire:Vai...embora daqui Justin!-eu disse de cabeça baixa,também chorando-
Justin desceu as escadas lentamente e ficou de frente para mim.
Justin:Éh isso que você quer?Que eu sai da vida dela?Que ela nunca mais veja o pai?Então ta bom,eu vou fazer isso,seja feliz com ele Claire!
Uma lagrima saiu de seu olho,ele passou por mim indo em direção a porta.
Mack:Papai por favor não vá embora!
Justin:Desculpa filha,mais a sua mãe quer que seja assim!-disse por fim e saiu-
Sentei no sofá e comecei a chorar feito louca,Mack também fez a mesma coisa e Paul nos abraçou.
Paul:Tudo bem,tudo bem,ele não vai mais chegar perto de nós,nunca mais...eu não vou deixar!
Mack:Mas eu não quero que o meu pai vá embora,eu amo muito ele!-disse entre soluços-
Claire:Desculpa queria mais é a melhor maneira,ele tem que sair de nossas vidas,esses distúrbios de raiva incontrolável dele tem que ficar bem longe de nós!
Paul:Ele vai ficar bem longe de nós,bem longe de vocês!-disse nos abraçando mais forte-
POV’s Justin
Diringindo em alta velocidade naquela estrada molhada,morrendo de raiva,tremendo,quase explodindo,era assim que eu estava,em um momento quase perdi o controle e ia batendo em outro carro,cheguei a aveida movimentada e com aquele neve não dava de ver quase nada e foi nesse momento que senti o baque do meu carro batendo em outro,minha cabeça bateu no volante e a merda do air Berg (acho que é assim kkkk ) não acionou,por sorte não foi nada grave,mais isso parou o transito todo,que merda,justo hoje eu tinha que bater esse carro,olhei no retrovisor e minha testa estava sangrando,o dono do outro carro desceu e bateu no vidro eu lgo sai.
XxXx:TA LOUCA CARA????OLHA O QUE VOCÊ FEZ COM MEU CARRO!!!!!-olhei e a parte traseira estava amaçada-
Justin:Ai que droga!-disse colocando a mão na cabeça-Olha cara eu vou pagar ta?Não se preocupa,agora eu só quero ir pra casa e descansar sem confusão por favor!
XxXx:SEM CONFUSÃO????VOCÊ AMASSOU MEU CARRO!
Justin:Aham...como se o meu não estivesse amassado também neh?
XxXx:CARA VOCE TEM QUE PAGAR O PREJUIZO!!!!
Justin:Eu vou pagar,não se preocupa!
Antes que ele começasse a falar mais entrei no carro fiz uma manobra que fez os pneus cantarem e sai dali quase voando,era isso que eu fazia quando estava com raiva,deve ser por isso que toda vez eu bato meu carro.
[...]
Um tempinho em casa e eu já tinha enchido a cara com todas as cervejas que estavam na geladeira,cada gole que eu bebia era uma dose de raiva a mais,e eu não conseguia tirar aquela vadia da Claire da cabeça,como ela pode fazer isso comigo?Como ela pode colocar outro homem para se tornar pai da Mack?Tudo que eu menos quero é me afastar da minha filha,mais agora ela sabe quem eu sou,ela sabe que eu sou um homem descontrolado,que quando fico com raiva saio batendo em todo mundo,quebrando tudo,mais é assim eu não consigo me controlar,isso é como se fosse uma doença,e foi por isso que a Claire se separou de mim,por causa desse meu distúrbio imbecil.
Com todas aquelas cervejas que eu havia bebido eu ainda queria mais,muito mais,só que tinha acabado tudo,e já estava bem tarde da noite,então resolvi sair,vou ver se saindo um pouco esfrio a cabeça e esqueço de tudo isso,agora só o que me resta é beber e me divertir com algumas mulheres.
[...]
Bebado e descontrolado,quase não me aguentava mais em pé,eu decidi ir para uma cassa de festas,onde eu sempre vou quando estou entediado,eu já tinha bebido muito e ficado com algumas mulheres,mais nada,absolutamente nada me fazia esquecer o que aconteceu hoje a tarde,talvez por mais que eu tentasse nunca iria esquecer a Claire,nunca iria esquecer a minha filha,eu não vou conseguir sair da vida delas,nunca por que eu faço parte isso é um elo.
1 semana depois
POV’s Claire
Éh...semana que vem já é Natal,e tudo esta tão diferente,Mack anda muito triste e sempre pergunta por Justin,pra falar a verdade não sei mais nada dele,ele nunca mais deu sinal,depois daquele confusão com certeza ele deve ter ido embora,mais agora a Mack vai sofrer muito,eu não quero,eu não quero isso,ela ate se diverte as vezes com Paul,mais nada a faz esquecer o pai,o pai que a acompanhou a vida toda,Justin é um ótimo pai,mais não um ótimo marido.
[...]
Eu estava lendo um livro,estava de noite,eu já tinha colocado Mack para dormir,hoje Paul não veio dormir aqui,estava tudo tão silencio,eu apenas ouvia o som da brisa da noite la fora,das folhas batendo,eu estava tão distraidsa,quando de repente a campainha começa a tocar descontroladamente,quem era esse louco?Estava fazendo o maior barulho,eu levantei rapidamente,corri ate a porta e abri.
Mais o que ele estava fazendo aqui?Justin estava parado na porta,ele estava bêbado,com certeza estava bêbado,eu não acredito que ele voltou a beber de novo,quando ele bebe fica totalmente louco,deve ser por isso que ele veio aqui.
Claire:Ju-Justin?
Ele veio se aproximando de mim sem falar a absolutamente nada,ele entrou bem devagar,passando pela porta,eu fui me afastando para tras,mais ele não parava continuava vindo andando para pero de mim.
Claire:Justin...?O-o que você ta fazendo?Você ta bêbado!
Foi ai que eu percebi que não havia mais saída para mim,eu estava sem saída já havia encostado na parede não tinha como fugir,ele ficou bem perto de mim,me olhando nos olhos,ele estava cheirando a álcool.
Colocou suas mãos na parede me deixando encurralada entre seus braços,ele ainda não falava nada.
Colocou uma de suas mãos em meu pescoço,depois a desceu bem devagar para os meus seios,eu deixei que ele fizesse isso,suas mãos foram para dentro de minha blusa,pegando em um de meus seus,eu fechei os olhos,e depois de segundos senti seus lábios roçando nos meus,mais ainda não era um beijo,podia ouvir sua respiração,abri os olhos e ele me olhava.
Justin:Eu amo você!-essa foi a primeira coisa que ele disse-
Claire:Por que...?-perguntei baixo-por que isso agora?
Justin:Por que eu percebi que você é a única mulher que eu vou conseguir amar durante a minha vida inteira!-disse por fim-
Me beijou inesperadamente,me impressando na parede e fazendo uma pressão em meu corpo,me impressando forte,levou sua mão ate a minha coxa esquerda e a apertou bem forte fazendo com que eu gemesse,parando o nosso beijo e ele aproveitou essa oportunidade para chupar meu pescoço bem forte,senti o barulho de seus lábios sugando o mesmo com força,e logo em seguida me levantou colocando em cima de uma pequena mesa que havia na sala,me encostando de novo com força na parede.
Justin:Você é minha...só minha,ninguém vai tomar o meu lugar!
Me beijou novamente e chupou meu lábio inferior,o que me fez apertar sua nuca e e fazer mais pressão no beijo,Justin tirou a camisa e depois a minha blusa me tirando daquele pequena mesa e me levando ao meu quarto,me deitou na cama depois ficando de pé no chão e tirando o cinto e depois a calça,veio para cima de mim na cama,ficando entre minhas pernas,ele pressionava seu corpo contra o meu,roçava seu membro em minha intimidade,o que nos impedia do contato eram as roupas intimas,que ele logo tratou de tirar com violência,fazia tanto tempo que não tínhamos esse contato,fazia tanto tempo que nos amávamos assim que era como se necessitássemos disso.
Justin distribui beijos por minha barriga com  suas mãos em minha cintura e logo subiu outra vez chegando aos meus seios que ele chupou com vigor me fazendo gemer novamente.
Justin:Shhii a Mack...
Assenti.
Juntou nossos labios com vigor fazendo com que aquele beijo ficasse caloroso,seu membro estava em uma ereção inexplicável,senti ele entrar dentro mim vigorosamente o que me fez contorcer-me na cama apertando o cobertor,eu estava completamente encharcada, podia sentir o membro de Justin pulsar dentro de mim cada vez mais rápida enquanto ele me beijava tentando abaixar os gemidos o que era quase impossível,levei minhas mãos ate seus cabelos puxando-os com força,uma sensação de querer muito mais tomou conta de mim,o que me faz pedir para Justin ir mais rápido com força,já que ele não estava fazendo isso senti em cima dele encaixando em seu membro e quicando cada vez mais rápido,agora Justin gemia mais que nunca,o beijei mordendo seu lábio com vigor,ele apertou minhas costas me fazendo grudar em seu corpo completamente suada e quicar cada vez mais rápido,suas mãos apertaram minhas nádegas,e e movimentavam em vai e vem ele estava me ajudando a ir mais rápido,minhas respiração estava cada vez mais rápida,e meus cabelos grudavam em meu rosto,Justin me grudou a seu corpo mais uma vez agora mordendo meu pescoço de leve enquanto eu quicava em seu membro que deslizava dentro de minha intimidade.
Justin:Vamos la,faça o que tem que fazer!
Gozei em seu membro e ficou muito mais fácil de se penetrar,Justin ficou em cima de mim,beijando-me pelo corpo todo,de minha barriga ate chegar em meus lábios,chupando minha língua e logo em seguida meus lábios.
Claire:Por que você fez isso?Por que você voltou?
Justin:Por que eu já tava cansado,cansado de saber que estava te perdendo de vez,eu posso ter tentando me distrair com outras mulheres,mais nenhuma delas se compara a você,eu sei,eu sei que eu fui um idiota no passado e dai veio a nossa separação,eu fui um idiota,eu não consegui me controlar naquela noite me desculpe,me desculpe, Eu não sou uma pessoa perfeita,eu nunca quis fazer aquelas coisas para você ,eu só quero que você saiba que eu  encontrei uma razão para mim,para mudar quem eu costumava ser,uma razão para começar de novo e a razão é você,você e a nossa filha,e você sabe?Você sabe por que eu nunca me casei de novo?Por que eu nunca fiquei tanto tempo com outra mulher?Por que nenhuma delas serve pra mim apenas você!
Ele não podia estar totalmente dentro de si para falar todas aquelas coisas,mas eu senti que era verdade,eu sabia que era,pelo seu olhar sincero eu sabia que era verdade.
Continua...
Bom...Tratei de fazer um capitulo grande pra vocês,talvez o próxima capitulo seja o ultima ta?Me digam o que acharam,continuo com 10 comentarios,se amanhã tiver 10 comentarios eu posto o ultimo capitulo ok?
Ah e pra quem lê Boundless já postei o 5 capitulo,e quem não lê olhem AQUI o trailer pra vocês saberem como é esse #IB,se gostarem digam nos comentários ok?Bjss
By @isexykidrauhl
 Leu?Gostou?Então tweet isto:

FELIZ NATAL

Luck In Love-Parte 26





3 dias depois
Um dos dias mais chuvosos do ano certamente,era bom aquela chuvinha,mais quando começar a nevar, todo mundo gosta, logo quando parou de chover isso aconteceu,ninguem foi a escola hoje por conta do clima,eu fiquei na cama o dia todo assistindo TV,e falei com as garotas tambem,jogamos muito papo a fora,eu estava com saudades de conversar com elas,sabe?Conversar de garotas,é bom conversar com Justin tambem,mais ele é garoto e eu não consigo conversar sempre com ele pois ele tem outras coisas pra fazer,tipo treinar no time da escola,no sabado,depois de amanhã,ia ser o campeonato,e ele anda treinando muito,eu estava na sentada na janela do meu quarto vendo a chuva cair quando Justin surgiu brincando com Scrash no meu quarto,oh e como ele estava enorme,ele veio correndo ate mim.
Ash:NÃO,NÃO SCRASH!-tentei fugir dele,mais ele veio tão alegre que eu cai do outro lado na neve,era como se eu tivesse no polo norte,estava frio,congelante-JUSTIN!!
Ele olhou da janela morrendo de rir.
Ash:ME TIRA DAQUI JUSTIN AGORA!!!!!!!
Justin:Eu não, sai sozinha!-risos descontrolados-
Ash:QUANDO EU SAIR DAQUI,É MELHOR VOCÊ CORRER!
Justin:Uuuuiii que medinho!
Eu estava coberta de neve,eu subi a janela ,estava escorregando,com o frio eu não tinha quase força pra subi,cai no chão do lado de dentro do quarto e peguei um casaco.
Ash:Você me paga!
Sai do quarto,e quando apareci no começo da escada quando se desce,Justin estava brincando com Scrash ainda,qunado me viu arregalou os olhos.
Justin:Ai meu Deus!
Ash:Éh melhor correr!
Justin:Eu não tenho medo de você!
Ash:Vai passar a ter!
Justin:Hum!Eu vou ficar aqui!
Ash:Então fica!
Eu desci as escadas,normalmente e devagar,ele ficou me olhando,eu fui ate a cozinha,e peguei uns cogumelos em conserva na geladeira,eu sei que ele morre de medo,é o podre dele que só eu sei da escola,ninguem mais,quando eu apareci com o pote de vidro cheio deles,Justin gelou.
Ash:E agora?Ja tem medo?
Justin:Não,não!SAI DAQUI!
Eu me aproximei lentamente.
Ash:Hum...sera o que eles podem fazer com você?Ah já sei...quando você estiver dormindo...hum...eles vão aparecer na sua cama,ela vai estar cheia deles,eles vão subir por você,e vão te atacar!-eu sorri-
Justin:SAI ASH!
Ash:Ta com medinho agora?
Justin:SAI VOCÊ SABE QUE EU TENHO MEDO!
Ash:Hum...e eu posso fazer mais,eu posso te trancar dentro do elevador!
Justin:Quer me matar!
Eu cheguei mais perto dele rapidamente ele correu pra fora da casa na neve,Scrash foi correndo atras dele,e eu larguei o pote no chão,e corri tambem.
Ash:HEEY VOLTA AQUI EU TO BRINCANDO!-eu dise rindo,mais perdi ele de vista,Scrash tambem-JUSTIN CADE VOCÊ,EU SÓ TAVA BRINCANDO!
O garoto evaporou,eu não sabia que ele tinha tanto medo assim,eu chamei,chamei,chamei,mais ele não respondeu,acho que foi embora.
Ash:Ta bom!-eu disse me direcionando a porta de casa,e Scrash veio junto-
Quando eu ir entrando alguem me jogou neve,nossa que gelada,eu virei e Justin estava com uma bola gigante de neve na mão,Scrash quando o viu correu pra ele.
Justin:HORA DA VINGANÇA!-ele disse erguendo uma das sobrancelhas-
Ash:Tudo bem!-eu disse erguendo uma das sobrancelhas tambem-
Me abaixei lentamente,e peguei uma bola de neve.
Justin:Você não vai conseguir!
Ash:Uhum,senhor sabe tudo!
Ficamos por alguns segundos se encarando,ate que eu atirei a primeira bola,e sai correndo,Scrash veio atras de mim,ele não pode ver ninguem correndo que vai atras.
Ash:VEM SCRASH VEM!
Justin:VOLTA AQUI ASH!-ele corria atras de mim com uma bola de neve na mão que logo me atingiu-
Ash:AAH ESSA FOI FORTE!
Eu peguei outra rapidamente e joguei na cara dele.
Justin:Isso é trapaça!-eu corri-VOLTA AQUI FUJONA!
Ash:Vem me pegar!
Eu corri o mais rapido que pude e ele veio atras de mim,era dificil correr naquela neve toda,Scrash era o único que conseguia,eu acabei tropeçando e caindo de cara na neve,nossa.
Justin:Isso é o que da fugir!-ele disse se acabando de rir da minha desgraça-Vem levanta!-ele disse me estendedo a mão-
Eu peguei mais como não sou de deixar barato o trouxe para a neve,ele caiu ao meu lado e começamos a rir descontroladamente.
Justin:Ah você não perde uma cara!-ele disse rindo-
Eu parei de rir e fiquei seria,eu só ouvia os latidos se Scrash brincando longe,senti a mão gelada de Justin no meu rosto,virando-o de frente para o dele,seus labios estavam vermelhos,seus olhos brilhavam,sempre que ele tinha oportunidade sempre fazia isso,tentava me beijar,ate que as vezes ele consegue,mais não é sempre,eu resolvi quebrar aquele clima jogando neve dele,e ele reclamou e eu me levantei correndo,fazendo com que ele corresse atras de mim.
[...]
Depois de uma tarde inteira brincando na neve como duas crianças resolvemos nos aquecer e tomar um chocolate quente,e jogar video game no meu quarto,adoramos fazer isso juntos,alias adoramos fazer tudo juntos,é ótimo,já eram 6:30 da noite,eu já estava morrendo de sono,pois acordei muito cedo,eu não aguentava mais jogar quando meu dei conta meus olhos estavam se fechando,mais eu me espertava.
Justin:To vendo que não quer mais jogar,perdeu duas partidas!
Ash:Tem razão to morrendo de sono!
Justin:Acho que vou pra casa,você tem que ficar sozinha,descansar!
Ash:Não!Fica aqui!
Justin:Não Ash,você tem que descansar um pouco!
Ash:Por favor!
Fiz uma carinha que cachorrinho carente,ele nunca resiste mesmo.
Justin:Ta,ta bem!Você sabe que eu não resisto mesmo!
Ash:Awn,vem aqui vem!-eu o chamei para sentar ao meu lado-Vou descansar mais tranquila-
Narração de Justin
Ela já estava quase dormindo,já eram 7 da noite,ela  capotou,aquele era o único momento que eu podia dizer tudo o que eu sentia por ela,quando ela estava dormindo,seu rosto de anjo me deixava hipnotizado,eu a amo tanto como nunca amei ninguem na minha vida,sempre fui o garotão da escola,e ela a nerd,a isolada,eu nunca parei pra prestar atenção na pessoa linda que ela é,tanto por dentro como por fora,acho que ela me ensinou que eu só posso ficar com uma pessoa nessa vida,a que eu amo de verdade,e ela é essa pessoa,ela que me ensinou o que é o amor verdadeiro,mais nem sabe disso,nem sabe que eu amo muito e que seria capaz de fazer tudo por ela,tudo pra vê-la feliz,mais que pena que ela nunca irá saber,por que eu desisti de contar pra ela,ela não me ama como eu a amo,enquanto ela dormia,aproveitei o momento para acaricia-la.



3 dias depois
Amanhã é um grande dia pra mim,o campeonato de futebol da escola vai começar,e nós estamos nos preparando,e treinando todo dia depois da aula,mais o clima não vai muito bem entre eu e Mike,ele me encara o tempo todo,e joga piadinhas,e eu sei o motivo disso,Ash,é por causa dela que ele esta assim comigo,mais eu não me importo,prefiro ficar de mal com ele do que perder ela,Mariely junto as outras lideres de torcida nos observam durante o treino,ela tambem não tira os olhos de mim,isso é insuportavel,ela é insuportavel,não sei como conseguir ficar com ela esses anos todos.
[...]
O treino estava indo bem,logo depois eu iria almoçar com Ash,no horario de almoço do trabalho dela,que pena que ela não pôde vir me ver treinar,seria tudo mas facil com ela aqui.
Estavamos treinando,Chris me passou a bola para que eu fizesse ponto de tres,então veio uma multidão pra me pegar,nossa é isso que eu mais odeio no futebol americano,se você esta com a bola você esta morto porque vem um monte de brutamontes pra cima de você,corri o mais rapido possivel,para que eles não me pegassem.
Chris:JUSTIN PASSA A BOLA PRO RYAN RAPIDO!-ele gritou do outro lado do campo,o problema era que eu estava muito longe do Ryan,e se eu jogasse a bola ele poderia não pegar e perderiamos um ponto-
Justin:NÃO DA CARA!-me distrai falando com Christian-
Quando me dei conta Mike tinha me dado um empurrão e em seguida deu dois chutes,pegando a bola e saindo correndo,aqueles chutes só não me machucaram por causa da proteção na panturrilha,mais eu não podia aturar aquilo,ele trapaceou foi golpe baixo,eu tinha que reclamar pro treinador.
Justin:AÊ ELE TRAPACEOU,FOI TRAPAÇA,ELE ME AGREDIU TREINADOR!
Mike percebeu que estava reclamando e veio ate mim com a bola na mão.
Mike:ENTÃO PEGA ESSA PORCARIA DE BOLA,NÃO SABE A DIFERENÇA DE JOGAR E TRAPACEAR CAPITÃO?-ele disse ironico-
Justin:CALA A BOCA VOCÊ TRAPACEOU SIM!
Mike:CALA BOCA VOCÊ FILHO DE UMA PUTA!!!!!
Não podia deixar ele meter minha mãe no meio,não mesmo,ele...ele xingou ela,isso eu não admito,eu fiquei nervoso e quando me dei conta já tinha derrubado ele no chão e tirei seu capacete.
Justin:REPETE DESGRAÇADO REPETE!O QUE VOCÊ DISSE?
Mike:ISSO MESMO QUE VOCÊ OUVIU!
Fechei o punho e dei um soco nele,que o fez reagir contra mim,e me tirar de cima dele,fazendo o inverso agora ele me deu um soco que me fez ver estrelas,eu o tirei de cima de mim e levantei,ele estava em pé,eu fui pra cima dele,mais Chaz me impediu,me segurando,eu odeio isso.
Justin:ME LARGA,ME LARGA CHAZ!!!!
Eu não queria fazer aquilo mais derrubei Chaz no chão seguindo pra cima de Mike,Mariely gritava pelo irmão,o treinador veio e nos afastou.
Treinador:O QUE DEU EM VOCÊS?HEIN??????-ele disse bravo-
Justin:ESSE DESGRAÇADO TRAPACEOU E AINDA XINGOU MINHA MÃE,PODE ISSO TREINADOR,PODE??????
Treinador:MIKE?O QUE HOUVE MIKE?O QUE TA HAVENDO COM VOCÊ?EU JÁ NÃO DISSE PRA VOCÊS QUE DISCUSSÕES PESSOAIS SÃO FORA DO CAMPO?
Mike:ELE QUE COMEÇOU DIZENDO QUE EU TRAPACEI!
Ryan:ELE TRAPACEOU SIM TREINADOR,DEU PRA VER CLARAMENTE!
Mike:CALA BOCA RYAN,A CONVERSA AINDA NÃ CHEGOU NO CANIL!!!
Ryan não se conteve e deu um soco em Mike que o fez ir ao chão.
Treinador:PARA PARA RYAN!!!
Mike:FILHO DA MÃE!
Ryan ia novamente pra cima dele mais os outros o impediram.
Treinador:CALA BOCA MIKE,VOCÊ ESTA EXPULSO DO TIME!!!!!-ele foi alto e claro-
Mike:O QUE??????MAIS ISSO NÃO É JUSTO!!!!!ELES DEVIAM SER EXPULSOS TAMBEM NÃO SÓ EU!!!!!
Treinador:VOCÊ TRAPACEOU E AINDA OS PROVOCOU FAZENDO ATAQUES PESSOAIS ISSO EU NÃO ADMITO,PEGUE SUAS COISAS E SAI DAQUI!!!!!!
Mike não discutiu mais,saiu dali  bufando,Mariely tentou convencer o treinador de que fui eu que comecei,mais ele não quis discutir,Mariely me encarou frio e foi atras de Mike.
CONTINUA...
Oi amores,to percebendo que muitas não estão comentando,antes essa #IB tinha mais comentarios,estou triste,não estão mais gostando dela?Por favor se não me digam que eu melhoro,só peço que vocês comentem mais por o que toda escritora precisa é de um incentivo dos leitores ;)
Bjss 
@isexykidrauhl