16 de jul de 2013

Aviso

Gente,eu estou aqui,porque quero avisar uma coisa muito triste pra vocês L
Bom,eu não estou mais conseguindo ter criatividade para as fics que eu posto aqui,é sério,até porque eu estou ficando muito tempo sem escreve-las,porque estou sem criatividade,e além do mais,e eu queria ficar escrevendo apenas uma fic,assim eu me dedico mais e posto mais rápido.
Só que eu não quero mais ficar com esse blog,porque não tenho mais nenhuma fic pra postar aqui,e as que eu posto,não estou mais conseguindo escrever : (
Eu não queria,mas vou excluir o blog,vou ficar apenas com o que eu posto Hurricane,porque essa fic eu estou conseguindo desenvolver bem,e além do mais,la eu tenho muito mais atenção,as leitoras interagem muito mais comigo,eu sei que vocês também estão lá comigo,e peço que não me abandonem só porque eu vou parar de postar aqui,continuem comigo la no outro blog,por favor peço pra vocês,nem me abandonem nem fiquem com raiva de mim porque eu não vou terminar Luck in Love,é realmente falta de criatividade,e se eu fosse continuar escrevendo ia sair uma bosta,então eu prefiro não continuar!
Mas acompanhem Hurricane,que eu posto NESSE blog pra quem não sabe,e depois dessa fic,eu vou postar outras la,mas só que uma de cada vez,pra não me atrapalhar,se eu postar outra fic,será no anime.
E por favor,peço mais uma vez,não me abandonem só porque eu vou parar de postar aqui,continuem comigo no meu outro blog.
Eu agradeço a todas vocês por terem me acompanhado nesse,mas agora,é hora de exclui-lo,lembrando que eu ainda vou postar no outro.
Sinto muito por estar fazendo isso : (
Muito mesmo.
Eu só vou deixar esse blog,mais uma semana aberto,até todas vocês lerem isso,logo logo eu vou exclui-lo.
Me acompanhem no outro blog,lendo Hurricane.
Beijos
Amo vocês

By @isexykidrauhl

3 de jul de 2013

Luck In Love-Parte 44/Eu nunca vou deixar você


Ash P.V.O
Fui abrindo os olhos lentamente,e me sentia quase que presa em algo,mas na verdade,eram os braços de Justin que estavam envolvidos em mim,quase me sufocando,ele estava fazendo como se eu fosse um urso de pelucia,la fora estava frio,pois os vidros das janelas se encontravam embaçados,mas eu não sentia tanto frio pois os braços de Justin me aqueciam,acreditem,isso nunca se passou pela minha cabeça,um dia acordar sentindo o calor do corpo dele.
Tentei me mexer mas era quase que impossivel,ele continuava dormindo,me virei de frente para ele,e via que ele estava em um sono profundo,era tão perfeito,olhei por debaixo das cobertas e aquilo era realmente vergonhoso,mas não posso esquecer que a noite passada foi a mais perfeita de toda a minha vida.
Comecei a acariciar o rosto de Justin,e logo depois seus cabelos que se encontravam bagunçados,ele se remexeu um pouco e foi abrindo os olhos dando algumas piscadelas.
Ele coçou os olhos e me olhou.
-Ainda não consigo acreditar que isso é real!-foi a primeira coisa que ele disse.
-Acredite...é!-eu disse sorrindo.
-Prova?
Eu sorri novamente e acariciei seu rosto,logo em seguida beijando seus labios rosados.
Eu parei o beijo dando longos selinhos,Justin novamente me envolveu em seus braços fortes.
-Me perdoa!-ele disse serio.
-Pelo que?-perguntei.
-Eu sou um otário!
-Por que?Por mostrar que me ama?
-Não...eu sou um otário por não ter te deixado falar antes,eu só via as circunstâncias eu só via o que acontecia no momento,eu nunca parava pra pensar em como você estava se sentindo,e eu sei que era horrivel!
-E eu também,eu não pensei em você na hora que disse sim pro Mike,acho que eu não estava sã!
-Fumou também?-brincou.
-Não,mas era como se fosse,eu já deveria saber que o Mike não era nada daquilo...mas é que...eu precisava de amor!
-Eu teria te dado todo o amor que você queria,porque eu tinha de sobra!
-E ainda tem pra mim?
-Muito!
-Me perdoa!-eu disse.
-Me perdoa você!-ele disse acariciando meu rosto com o dedo polegar.
-Não você tem que me perdoar!
-Eu te amo!-disse ele sério.
-Eu te amo!-repeti a frase olhando profundamente em seus olhos.
-Eu preciso ouvir você dizendo que me perdoa Ash...
-Eu já disse que...
-Tudo bem,se formos ficar desse jeito vamos levar o dia todo!
-Então estamos kits!
-Dedinho?-disse ele mostrando o dedo mindinho para que juntasse o meu com o dele.
-Aham...-eu disse envolvendo meu dedo mindinho com o dele.
-Agora sim estamos kits!
-Que horas são?-perguntei.
Justin pegou seu celular que se encontrava no criado-mudo.
-Uau,ta cedo,7h:30min!
-Estamos atrasados!-eu disse me sentando-AH MEU DEUS,EU NÃO DORMI EM CASA,MEU PAI DEVE ESTAR LOUCO!-procurei minhas roupas pelo chão, mas no momento em que eu fui saindo de cima da cama Justin me puxou-
-Aonde você pensa que vai?
-Justin...nós estudamos sabia?
-Ah droga,eu odeio o colégio!
-Justin...-me deitei novamente ao seu lado-Quem eram aqueles caras com os quais você estava andando?
Ele ficou serio.
-Ninguem!
-Justin...você sabe que eles não são boa companhia!
-Eu sei, mas...eu me divertia com eles!
-Você se divertia com eles?Justin...você tem ideia do que você fez quando estava com eles?Você assaltou um posto de gasolina e foi preso,tem ideia de que é isso?Se você estivesse em sã consciencia nunca faria isso,você se meteu num mundo que não tem nada a ver com você!
Justin ficou sério,parecia querer me dizer algo.
-Mas agora que eu entrei...vai ser dificil sair!-disse com um olhar tristonho-
-Como é?-perguntei tentando entender o que ele havia dito.
-Ash...você sabe que eu...-fez uma pausa-
-Eu sei que você se meteu com drogas!-completei-
-Ah que droga!-se sentou colocando as mãos no rosto-
-O que houve Justin?-me sentei ao seu lado acariciando suas costas nuas-
-Ash eu não consigo mais parar!
Eu fiquei em silencio.
-Agora mesmo eu...preciso disso,eu me sinto dependente de drogas,eu não consigo mais ficar sem isso,eu não quero ficar sem isso!
Meu coração se partiu ao meio ao ouvir ele dizer aquilo,ele parecia ser um prisineiro da droga.
-VOCÊ TEM QUE RESISTIR!
Ele ficou em silencio,respirou fundo,tirou as mãos do rosto e me encarou com os olhos marejados.
-Eu não consigo...-disse como se fosse se render à aquilo-
Ao ver ele falar aquilo,meus olhos se encheram de agua,e eu o abracei.
-É tudo culpa minha!
Justin apertou mais o abraço.
-Não,eu experimentei porque eu quis,você não tem nada a ver com isso!
-Eu tenho sim Justin,se eu tivesse falado tudo pra você antes,com certeza não faria esse estrago todo,eu me sinto culpada,e vou me sentir o resto da vida se você não conseguir!
-Ash,não se culpe pelos meus erros!Eu errei,e você não tem culpa!
Eu levantei da cama,enrolada no cobertor.
-Você tem aqui não tem?Onde estão?
Justin não queria falar,ele me olhou e depois fitou o chão.
-FALA JUSTIN,ONDE ESTÃO?-eu estava desesperada,eu queria tirar aquilo de perto dele-
Justin olhou para o criado mudo e imediatamente eu fui ate la,me ajoelhando e abrindo todas as gavetas,ate que eu pude achar baseados de maconha,eram varios,tinha uma gaveta cheia.
Olhei para Justin chorando e depois levei os olhos ate aqueles baseados.
-Eu não queria...mas é mais forte que eu,eu não consigo me controlar!
Peguei todas aquelas coisas e fui ate o banheiro jogando no cesto e depois pondo fogo,o fogo se conteu dentro do cesto de metal,e eu podia sentir o cheiro exalando no quarto,era horrivel,mas aquilo só fez Justin ficar louco,agora que ele tinha sentido cheiro,queria fumar.
-POR QUE VOCÊ FEZ ISSO?DROGA!-disse ele olhando para cesto-
Eu peguei agua e joguei no recipiente,pois os basedos estavamos queimados.
-ASHLEY EU PRECISO DISSO,EU NÃO POSSO SENTIR O CHEIRO, EU NÃO POSSO,AGORA EU SINTO UMA VONTADE INCONTROLAVEL!
Justin foi ate seu armario e tirou a mochila,logo depois abrindo a mesma e pegando um baseado,droga,ele tinha muitos.
Eu corri ate la,e tentei tirar da mão dele,mas foi impossivel,ele era forte e podia me jogar dali,agora eu não via mais Justin,e sim um viciado em maconha fumando um baseado.
Ele sentou na cama,e deu um tragado no cigarro desesperadamente.
-JUSTIN POR FAVOR,PARA COM ISSO!
Fui novamente ate ele e joguei o baseado no chão.
-ME DEIXA ASH!
-Não,eu não vou deixar você,eu nunca vou deixar você!-eu disse abraçando-o forte-
-Eu não consigo mais parar,eu não consigo,me ajuda!-Justin me apertou novamente como se eu fosse um urso de pelucia,ele parecia nunca mais querer me soltar,apoiou a cabeça em meu peito,e eu podia ouvir seus soluços-Eu não aguento mais,eu me sinto dependente disso!
-Eu vou fazer você esquecer,eu vou fazer você esquecer!-o abracei forte-
[...]
Foi um pouco dificil o convencer de ir para o colégio,mas eu consegui,eu disse que ele tem que dizer a si mesmo que vai esquecer,então eu vou fazer o possivel para ajuda-lo.
Chegamos no colégio atrasados,não tinha ninguem do lado de fora,Justin não estava nada bem,seus olhos estavam cansados e ele tinha olheiras,ele estava cabisbaixo,não sorria,mesmo que estivessemos nos acertado na noite passada.
-Vai ficar tudo bem!-eu disse pondo a mão sobre a dele-
-Eu não quero entrar!-disse ele olhando para a escola,ainda estavamos dentro do carro-
-Eu estou com você,eu já disse,vai ficar tudo bem Justin,alias,ninguem sabe disso,só eu,e é claro que eu não vou contar pra ninguém!
Justin olhou para frente,ele olhava para uma pick up preta que estacionava no meio fio.
-O que foi?
-Droga!
-Vamos sair daqui Ashley!
-Por que?
-Temos que ir!
Justin ligou o carro e quando já estava pronto para sair,parou,eu olhei para  o carro e de la,saiam quatro caras,eles eram familiares,é claro,eram os caras com os quais Justin estava andando.
Eles sairam do carro e ao verem que o carro de Justin estava ali,vieram pra perto batendo no vidro para que Justin abrisse.
-O que eles querem com você?
-Eu não sei!
-Manda eles irem embora!
Justin respirou e desceu o vidro do carro,ao verem que ele fez isso,os quatro sorriram.
-Ia fugir da gente?-perguntou o que parecia ser mais velho-
-O que você quer Spencer?
-Falar com você,por que não apareceu ontem la no clube?
-Eu tinha coisas mais interessantes pra fazer!
-E quem é essa delicia?-perguntou ele notando a minha presença e me olhando com malicia-
Justin não gostou de como ele me chamou,olhou para mim,suspirou e encarou o tal Spencer.
-O nome dela é Ashley,e ela é minha namorada!
-Uau,namorada gostosa!-disse um garoto loiro que por sinal parecia ser o mais novo-
-Calem a boca,eu não quero falar com vocês,vão embora daqui!
-Por que?Só porque ta com essa vadia vai deixar a gente de lado?
Justin se irritou e quase saiu do carro,mas o contive.
-É melhor não,vamos embora daqui!-eu disse pegando em seu braço-
-Então é isso?Você vai furar com a gente e ir com ela?
-É isso sim Spencer,pode me esquecer,faz de conta que eu nunca estive com vocês!
-Como é que é?-perguntou um terceiro-
-Me deem licença eu tenho que ir!
-Se você esta pensando que vai sair facil assim Justin,esta muito enganado!-disse o tal Spencer-Você entrou no nosso bando e agora não pode sair como se fossemos nada!
-Desculpe Spencer,mas eu estou saindo!-Justin passou a chave novamente e deu partida-
[...]
Ele não falava nada,apenas dirigia.
-Você fez  bem!
-É eu sei,eu nunca deveria ter me metido com eles,mas sei que eles vão me procurar!
-Justin,eles são bandidos,eles fazem coisas ruins,você viu isso,você estava presente,e fez também!
-E você acha que eu não me arrependo?Eu nunca queria ter conhecido eles Ash!
-Agora...faça de conta que nunca conheceu!

Continua...
Desculpem pela demora,não estou com muito criatividade pra escrever essa fic,que alias,ja vai acabar,e logo postarei prisoner,fiquem ligadas!
+ 15 comentários!