11 de mai de 2013

Luck In Love-Parte 38/ Acha que foi fácil pra mim?



Justin Narrando
Ela acha mesmo isso? Ela acha mesmo que sou idiota e que vou cair nesse papinho dela? Ela nunca gostou de mim, nunca fez nada para que eu me sentisse amado por ela, só eu fazia isso, eu dei tudo de mim para ela, eu fiz de tudo para que ela percebesse o meu amor e ela simplesmente tomou uma decisão sem pensar em mim, sabendo que eu ficaria magoado, eu posso ate esquecer o que ela fez, mas o meu coração não.
2 semanas depois
Ash Narrando
Faziam 2 semanas exatas que eu não o via, Justin não aparecia na escola, e ninguém sabia dele, fui a casa dele umas 2 vezes depois daquela nossa discussão, falei com Pattie e ela também não sabia dele e estava desesperada atrás do filho, mas ela me disse que alguma coisa dizia que ele estava bem e que estava com os tais garotos que ele havia chegado um dia desses em casa, mas ele não dava mais satisfações a ela, ele estava tomando conta da própria vida de forma errada.
Eu havia acabado de chegar na escola e esperava Mike na entrada, e de repente vejo o que eu pensei que não iria ver mais, Justin, ele estava ali, ele havia chegado, mas não sozinho, ele veio em um tipo de jipe junto com uns caras estranhos e fazendo o maior barulho, Justin desceu do  carro de forma diferente e sorria muito com aqueles caras que eu não fazia ideia de quem eram, todos que estavam ali ficaram olhando para ele, todos estavam estranhando o comportamento de Justin, pois ele nunca foi assim, e além do mais aqueles garotos não pareciam ser nada exemplares, pareciam bêbados e drogados assim como Justin parecia, eles sorriam sem motivos e se xingavam muito.
Então eram eles? Eram eles que estavam fazendo Justin agir daquele modo? Ignorante? Imaturo? Que não da a mínima pra mãe, que esta feito louca em casa? Era tudo culpa deles? Ou seria culpa minha?
Depois que aqueles garotos foram embora Justin virou as costas pra rua vindo em direção a porta de entrada da escola, ele sorria, mas assim que me viu fechou a cara e passou me olhando com aquele olhar raivoso, tenebroso, aquele olhar que eu nunca pensei que ele me lançaria, eu via um outro Justin ali, de cabelos bagunçados, olhos vermelhos e fundos, ele estava diferente tanto no modo de agir como na aparência, estava mais magro e pálido, seja la o que ele estava fazendo, não era coisa boa.
Soltei um suspiro de tristeza assim que ele passou por mim, sem falar nada, como se não me conhecesse, aquilo me doía tanto que eu tive vontade de sumir dali, não era aquele o Justin que eu conhecia, onde estava? Onde estava aquele Justin doce, alegre, amável, carinhoso, meigo, gentil? Eu queria acha-lo o mais rápido possível antes que ele fosse embora de vez e nunca mais voltasse pra mim.
Abaixei a cabeça e pensei por uns instantes, por que eu fui deixar isso acontecer?
Percebi que Mike havia chegado, senti o perfume dele entrando em minhas narinas, então levantei a cabeça e tratei de sorrir para ele.
Mike:Oi meu amor!-disse ele passando o braço por minha cintura e grudando nossos lábios-
Ash:Oi Mike!
Mike:O que houve? Você esta tão cabisbaixa!
Ash:Sabe quem apareceu?
Mike:Quem?
Ash:O Justin, e ele tava com um monte de caras esquisitos!
Mike:Deixa esse cara pra la Ash, se ele quer se foder na vida deixa!
Ash:Eu me preocupo com o Justin Mike, eu a...eu gosto dele!
Mike:É melhor você parar de se preocupar, porque ele não esta nem ai pra você, ele não se importa com mais ninguém nem mesmo com a mãe, ele enlouqueceu!
Ash:Eu não to nem ai, enquanto ele estiver vivo eu vou continuar me preocupando com ele Mike!
Mike:Só espero que você não se decepcione!-passou braço por meu ombro e seguimos para dentro da escola-
[...]
Entrei na sala e meus olhos percorreram ela toda a procura de Justin, mas ele não estava em lugar nenhum, o que realmente era estranho, nem mesmo a mochila dele estava la.
Eu queria acha-lo e tentar conversar com ele, não dava pra ficar assim, não dava pra aguentar ele me olhando daquele jeito como se eu fosse um bicho, ele é uma das pessoas mais importantes da minha vida e eu não vou suportar viver com a ideia de que ele me odeia.
Procurei por todos aqueles cantos da escola e ele não estava em lugar nenhum, sai perguntando pra todo mundo e disseram que a ultima vez que o viram ele estava no corredor da biblioteca, que esse horário estava fechada.
Mas mesmo assim eu fui procurar por la, fui ate o corredor da biblioteca que estava totalmente vazia pois todos já tinham ido para as salas, mas eu não ia sossegar enquanto não encontrasse Justin.
Tentei abrir a porta da biblioteca e por incrível que pareça ela estava encostada, entrei e me deparei com a escuridão ali, eu não sei por que alguma coisa me dizia que eu podia encontrar Justin ali, fui andando de fininho vendo se ele não estava por entre as prateleiras dos livros, ate que ouvi um barulho e quase sai correndo dali, mas a vontade de encontra-lo me fez continuar, e então e continuei, comecei a sentir um cheiro forte, estava inalando naquela biblioteca toda, era um cheiro insuportável, que me fez colocar a mão no nariz, tinha alguem ali eu sabia disso.
E então, eu me deparei com a cena mais horrível do mundo, Justin se encontrava sentado no chão com um baseado na mão, ele inalava aquela fumaça como se fosse a melhor coisa do mundo, soltava fumaça presa em sua boca com tanta satisfação que eu nunca vi na minha vida, eu fiquei em estado de choque e nunca pensei que Justin faria isso, meus olhos se encheram de lagrimas ao ver que ele estava prejudicando a si mesmo fumando aquilo, aquilo que era maconha.
Me escondi num canto e fiquei observando ele acabar com a vida dele, eu não queria que ele me visse porque eu não sabia o que ele poderia fazer, o efeito desse droga é muito forte, eu já ouvi falar, então isso explicava a palidez, os olhos vermelhos, a magreza dele, ele estava se drogando como um louco.
Sem querer esbarrei em umas das prateleiras onde ficavam os livros e alguns caíram no chão, Justin se levantou rapidamente com a expressão apavorada mais ainda com o cigarro na mão.
Justin:O QUE VOCÊ TA FAZENDO AQUI??????-perguntou furioso, que eu tive vontade de sumir dali-
Ash:Éh...eu...
Justin:VOCÊ TAVA ME ESPIONANDO ASHLEY?
As palavras saiam com tanta raiva da boca dele que eu nem sabia o que dizer.
Ash:Justin...
Justin:SAI DAQUI, VOCÊ NÃO VIU NADA OK? VOCÊ NÃO VIU NADA!-falou em relação a maconha-
Ash:ENTÃO QUER QUE EU FAÇA DE CONTA QUE EU NÃO VI NADA? VOCÊ ESTA ACABANDO COM A SUA VIDA E QUER QUE EU FAÇA DE CONTA QUE NÃO VI NADA? O QUE DEU EM VOCÊ JUSTIN? POR QUE ESTA FAZENDO ISSO?
Justin:NÃO É DA SUA CONTA CARALHO, SAI DAQUI AGORA!!!
Ash:JUSTIN POR QUE ESTA FAZENDO ISSO? POR QUÊ? TEM IDEIA DE COMO SUA MÃE IRIA FICAR SE TE VISSE FUMANDO MACONHA? TEM IDEIA DE COMO EU FICO VENDO ISSO?
Justin:NÃO SE INTROMETA NA MINHA VIDA ASHLEY, EU FAÇO O QUE EU QUISER!
Ash:E SE MATA SE QUISER TAMBEM NÃO É?
Justin:EU JÁ DISSE PRA SAIR!
Ash:E SE EU NÃO SAIR O QUE VOCÊ VAI FAZER? VAI ME BATER? PORQUE É QUASE ISSO QUE VOCÊ TA FAZENDO!
Justin:ASHLEY SAIA DAQUI ANTES QUE EU PERCA A PACIENCIA!
Ash:Não Justin...eu não vou sair, eu preciso falar com você!
Justin:Não precisa não, já falamos tudo o que tínhamos pra falar naquele dia!
Ash:Não Justin, ainda temos muito o que conversar, acha que esta sendo fácil pra mim aguentar você me olhando como se eu fosse um bicho?
Justin:E VOCÊ ACHA QUE FOI FACIL PRA MIM TE VER BEIJANDO AQUELE FILHO DA PUTA NAQUELE DIA? ACHA QUE FOI FACIL? MEU MUNDO DESABOU QUANDO EU VI AQUILO ASHLEY, EU ME SENTI O MAIOR IDIOTA DO MUNDO, VOCÊ ME FEZ DE IDIOTA!
Ash:Me desculpe!-abaixei a cabeça deixando que uma lagrima saísse de um dos meus olhos-
Justin:Não adianta fazer esse joguinho, porque eu não vou cair nele Ashley!
Ash:Por favor acredita em mim, Justin...você...você é muito importante na minha vida e não pode sair dela de uma hora para outra!
Justin:E você pode me enganar quando quiser?
Ash:Você não esta me dando espaço pra falar, assim nunca eu vou poder te explicar o que aconteceu!
Justin:EXPLICAR O QUE? QUE NA VERDADE O TEMPO TODO VOCÊ ESTAVA APAIXONADA PELO MIKE?
Ash:Não foi assim!
Justin:Seja la como tenha sido, eu não quero saber de nada!
Passou por mim ainda tragando o cigarro e deixando aquele cheiro horrível na biblioteca. Fiquei me lamentando, pois ele não me deu chances para falar direito,eu queria muito,muito dizer tudo para ele,eu queria fazer ele entender que não foi fácil pra mim.
O segui sem que ele me percebesse ele andava sem rumo ainda tragando aquele cigarro,ele andava como um largado,sem família sem nada,ate que ele foi para tras da escola,eu imaginava que ele continuaria fumando,mas não,ele jogou o cigarro no chão,pisando nele em seguida e depois soltando varias palavras sujas,certamente estava me xingando,e depois percebi que ele chorava,ele falava varias palavras inconformado,se tivesse alguma coisa ali,acho que ele jogaria tudo pelos ares,ali ele podia chorar sem que ninguém o escutasse,e eu tinha vontade de ir la e abraça-lo,era a única coisa que eu queria fazer agora,ver Justin chorando era a única coisa que eu nunca imaginaria ver.Ele estava sofrendo,ele estava sofrendo muito.


1 semana depois
Não estava sendo fácil pra mim,não estava sendo fácil ficar sem falar com ele,ficar sem ver aquele sorriso estonteante que me leva ao céu,aquele olhar brilhante,sentir seu cheiro,não estava sendo fácil ficar sem a companhia de Justin,uma coisa que eu percebi desde quando ele saiu da minha vida,foi que eu nunca mais tive aquela alegria,aquela alegria que ele me fazia senti toda vez que eu estava com ele.Agora eu sei,o quanto ele me faz falta,o quando ele é  essencial na minha vida,meu coração esta começando a renovar aquele sentimento que eu tinha por ele,há algum tempo atrás.
Justin Narrando
Agora eu estava curtindo a diversão da noite,eu descobri uma parte boa da vida,aquela parte que você faz o que quiser sem dar explicações a ninguém,a parte de ser livre.
Spencer:Aê Justin,chega aqui!-disse Spencer gritando,por conta da musica alta-
Fui ate ele.
Justin:Fala!
Spencer:Lembra daquele nosso compromisso?
Justin:Ah,é hoje?
Spencer:Agora,o Dick ta preparando o carro!
Justin:Quem vai dirigir?
Spencer:Sean!
Justin:Não acha que ele ta drogado demais não?Ta falando ate com a parede!
Spencer:Não esquenta cara,aquele ali é profissional,ele dirige muito bem!
Justin:Então vamos agora?
Spencer:Nesse instante!
[...]
Aquela não era a primeira vez que eu fazia aquilo com eles,eu já tinha feito isso umas duas vezes e é muito divertido,mas não é certo,mas quer saber?Eu não to nem ai,enquanto a policia não nos pegar,vamos continuar fazendo.
Sean dirigia como um louco pelas ruas de Nova York,nos eramos os únicos naquela avenida,eram 1 da manhã e a essa hora já não havia muito movimento.
Spencer:Para ai Sean!-ordenou Spencer para que Sean parasse no posto de gasolina-
Stan:Agora é com você Justin!
Justin:Mas e a garota?-perguntei olhando para a garota que estava dentro da lanchonete do posto de gasolina,podia ver através do vidro,sempre fica alguem a essa hora,porque tem gente que para de madrugada para abastecer o carro na viagem-
Dick:Joga todo o seu charme de prostituto pra ela e ataca mermão,pode ate transar se quiser!
Justin:Ah se é assim,então...la vou eu!
Sai do carro pondo um capuz e colocando as mãos no bolso,pois o frio estava insuportável.
Spencer:Aê Justin!-gritou Spencer do carro-
Justin:O que é?
Spencer:Volta aqui!
Fui ate ele.
Spencer:Toma!-ele pegou algo dentro do carro e depois eu pude ver que era uma arma-
Justin:Por que ta me dando isso?
Spencer:Relaxa ta descarregada,é só pra dar um susto nela,assim ela vai dar todo o dinheiro do caixa pra gente!Agora vai!
Atravessei a rua olhando para todos os lados,para ver se não tinha ninguém nos observando,cheguei ate o posto e entrei na lanchonete,a garota estava sozinha no caixa com fones nos ouvidos, cheguei ate ela,e logo ela se levantou tirando os fones.
Justin:Iai gata!-eu disse malicioso encostando os cotovelos no balcão-
-Ola o que deseja?
Justin:Que tal...você?-passei a língua pelos lábios a fitando de cima a baixo,ela tinha os peitões marcados no decote ousado do uniforme, e o cabelos amarrados em um rabo de cavalo,ela sorriu e ai eu vi o quanto ela era safada-
-Não entendi!
Justin:Ah vai...você entendeu sim!
-Desculpe,mas o que você ta querendo?-ela disse encostando os cotovelos no balcão,deixando o decote a mostra-
Justin:Ué...eu tava passando por aqui e...vi que você estava sozinha,e uma garota sozinha num posto de gasolina a essa hora da manhã,é um tanto...perigoso!
-Eu sei me defender!
Justin:Sabe é?
Coloquei uma de minhas mãos no bolso do moletom onde estava a arma,tirei e mostrei pra ela que automaticamente arregalou os olhos e fez uma expressão assombrosa.
Justin:Sabe se defender contra isso?
-NÃO POR FAVOR!!!!
Spencer, Stan e Dick entraram com os rostos cobertos e com armas na mão apontando para a garota,acho que estavam descarregadas como a minha.
Stan:PERDEU,PERDEU,PERDEU,PASSA O DINHEIRO DO CAIXA!
A garota ia abrindo a boca para gritar,mas Spencer a deteve.
Spencer:SE GRITAR MORRE,SE GRITAR MORRE!!!!-gritou-
Dick:Abre o caixa e passa o dinheiro!
Dick encostou a ponta da arma na cintura dela enquanto ela chorava e tirava o dinheiro do caixa,eu só observava,eu não sabia direito o que fazer.
De repente ouvimos um barulho de sirene de policia e automaticamente Spencer,Dick e Stan saíram correndo em disparada,atravessando a rua e entrando no carro,eu tentei acompanha-los mas a garota me deu um pancada na minha cabeça com algo e eu cai no chão.
Olhei para o outro lado da rua e todos ele já haviam ido embora,minha visão estava embaçada e acho que estava perdendo a consciência,uns 3 carros da policia chegaram ao local,e eu só via as luzes.
-POLICIA,POLICIA FICA NO CHÃO!!!!!!
A filha da puta tinha chamado a policia e eu estava fodido.
Continua...
Desculpem pela demora aê!
Ta ai mais um capitulo,espero que vocês comentem!
+ 15 comentarios pra continuação!
bjss @isexykidrauhl

10 comentários:

  1. Uau estou boquiaberta *o*
    Eu não acredito, Justin vai ser preso!!!
    Agr a Ashley está se dando conta da burrada que ela fez, corre atrás do prejuízo minha filha!!!
    Está perfeito demais, so vc mesmo para escrever um capítulo perfeito como esse, na boa cara vc é mt diva!!!
    Continua logo please diva
    necessito do próximo capítulo
    Bjus!!!

    ResponderExcluir
  2. MDS eu não imaginava isso ! o Justin vai ser preso???
    Quero a Ash e Justin juntos logo.
    Continua logo.
    @liikebieber

    ResponderExcluir
  3. OMG JUSTIN SE FERROU , E BOM PRA ELE APRENDER A NÃO FAZER BAGUNÇA RSRS CONTINUAAA AMO ESSA IB KKS

    ResponderExcluir
  4. AAAAAAAAAAAAAAAAAAI MEU DEUS DO CÉU! gENTE! continua logo! pqp mano to muito curiosa! VELHO NÃO ACREDITO QUE O JUSTIN FOI SE METER NESSA CONFUSÃO! cara, to pasma! eu fiquei morrendo de dó da Ashely serio mesmo. Tudo bem que ela mancou feio com ele, mais .. todo mundo erra. TOMARA que eles voltem a se falar (: eles são lindos juntos! CONTINUA LOGO, PELO AMOR DE DEUS! bjos #perfeito #justin10gostoso

    ResponderExcluir
  5. Caraca mano.. Ele tem q se livrar disso. E espero q eles voltm a se falar logo

    ResponderExcluir
  6. ta prfto divo dmsss
    continua logo plmddds
    @iwantdrew_

    ResponderExcluir
  7. Continuaaaaaaa ahhhh caraca n acredito!continuaa e gente comentem por favor cara n e dificill!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quando o justin e a Ashley vao ficar juntos? tomara w seja logo.

      Excluir
  8. Olha, nao tenho nada ha dizer, simplesmente que esse capitulo ta perfeito como todos! Nao tenho nenhuma critica nem sugestão pra que voce continue, porque voce consegue fazer tudo direitinho e sozinha, só com sua criatividade! (;
    By: Babi

    ResponderExcluir